PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
15 dias

Presidente do Chade morre após ser ferido em combate contra rebeldes

11.abr.2021 - Idriss Deby Itno, presidente do Chade, estava no poder há 30 anos e morreu após ser ferido em combate  - Marco Longari/AFP
11.abr.2021 - Idriss Deby Itno, presidente do Chade, estava no poder há 30 anos e morreu após ser ferido em combate Imagem: Marco Longari/AFP

20/04/2021 08h39

O presidente do Chade, Idriss Déby Itno, no poder há 30 anos, morreu hoje em decorrência de ferimentos que sofreu no fim de semana, quando comandava uma operação do Exército no combate a rebeldes do norte do país. A informação foi divulgada pelo porta-voz da televisão estatal.

"O presidente da República, chefe do Estado, chefe supremo das Forças Armadas, Idriss Déby Itno, acaba de dar o último suspiro na defesa da integridade territorial no campo de batalha. É com profunda amargura que anunciamos ao povo chadiano a morte na terça-feira, 20 de abril de 2021, do marechal do Chade ", anunciou o porta-voz do Exército, general Azem Bermandoa Agouna, em um comunicado lido na TV Tchad.

Militar de carreira, Déby, que tinha 68 anos, tomou o poder no Chade em 1990, após um golpe de Estado. Ele foi promovido ao posto de marechal em agosto passado e tinha acabado de ser reeleito para um mandato de seis anos, com 79,32% dos votos, de acordo com os resultados provisórios anunciados na noite de ontem pelo órgão eleitoral nacional.

Ministros e oficiais de alto escalão indicaram ontem que o chefe de Estado tinha visitado, no sábado e domingo, a zona de combate onde soldados chadianos enfrentam rebeldes que lançaram uma ofensiva, em 11 de abril, a partir de bases da retaguarda na Líbia. Em um comunicado, os rebeldes disseram que o presidente havia sido ferido, mas não houve confirmação posterior de fontes oficiais. O comando do Exército chadiano declarou apenas que os militares tinham conseguido desmantelar a ofensiva dos insurgentes.

Com informações da AFP

Internacional