Haiti precisará de US$ 11,5 bilhões para reconstrução, aponta relatório do governo

Do UOL Notícias*
Em São Paulo

Pouco mais de dois meses depois do terremoto que devastou o país, as autoridades do Haiti afirmam que precisarão de US$ 11,5 bilhões para reconstruir o país. Segundo estimativas do próprio governo, a reconstrução demoraria três anos.

  • Arte UOL

    Nome oficial: República do Haiti
    Capital: Porto Príncipe
    População: 9.035.536
    Idiomas: francês e francês crioulo
    Religião: católica, protestante,afro-americanas
    Etnias: negros (95%), mulatos e brancos (5%)
    IDH (Índice de Desenvolvimento Humano): 148º
    Tipo de governo: república presidencialista
    Divisão administrativa: o país é divido em 10 departamentos

Esse valor faz parte de uma primeira análise aprofundada elaborada pelo governo, com ajuda da ONU e de outras organizações internacionais, para avaliar o impacto financeiro do forte terremoto que abalou o país no dia 12 de janeiro. O relatório tem como objetivo auxiliar o planejamento das operações de reconstrução do país. As informações são do jornal americano "The Wall Street Journal".

As autoridades do Haiti pretendem definir as ações de reconstrução antes da conferência marcada para 31 de março, em Nova York, onde todos os países que doaram dinheiro e ajuda ao país caribenho estarão presentes.

A Cruz Vermelha afirmou nesta terça-feira (16) que será impossível prover novas casas para as pessoas que ficaram desabrigadas depois do terremoto. No mês de junho é esperado que a temporada de chuvas se intensifique e, segundo a organização, apenas metade dos 1,3 milhão de haitianos desabrigados recebeu tendas, toldos ou abrigos de emergência.

Segundo Pablo Medina, representante da Federação Internacional da Cruz Vermelha, os grupos de ajuda humanitária planejam a construção de abrigos coletivos que possam resistir às chuvas e a passagem de possíveis furacões pelo país.


*Com informações de agências internacionais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos