PUBLICIDADE
Topo

Podcast

Geração P

Os impactos do coronavírus na sociedade, economia e cultura.


Geração P #13: Ricupero diz que Brasil sairá da pandemia pior em tudo; "cicatriz profunda"

Do UOL, em São Paulo

15/06/2020 04h01

Geração P, o podcast do UOL sobre os impactos da pandemia, traz nesta segunda-feira (15) uma entrevista com Rubens Ricupero, ex-ministro e embaixador. Na conversa com Jamil Chade e Ruth Manus, que apresentam o programa, ele faz projeções sobre o que deve acontecer com o Brasil no pós-pandemia, critica a forma como o governo está lidando com a covid-19, fala sobre os desafios econômicos e a nova ordem mundial. Ouça a entrevista completa no arquivo acima.

"O país vai sair [da pandemia] pior em todos os sentidos, vai sair muito machucado" (ouça a partir de 1:52). "Nós nem sabemos qual vai ser a dimensão do desastre, porque o número de mortes está crescendo. Algumas projeções são assustadoras. [...]. Isso vai deixar uma cicatriz profunda. Porque, além da dor das famílias, do sofrimento dos que perderam parentes, essa é uma demonstração a mais no nosso fracasso. Depois de muitas outras, né? Depois dos dois impeachments, depois da recessão, depois do impacto que teve a Lava Jato, de desmoralizar as instituições", afirmou o ex-ministro do Meio Ambiente e da Fazenda.

Ricupero disse esperar que seja um profeta equivocado. Mas que a sua previsão é de muito sofrimento. "O país ainda vai ter que ficar mais arruinado economicamente, com mais problemas sociais, até que, talvez, mesmo aí eu não tenho certeza, haja um recomeço", disse (ouça a partir de 04:55).

Sobre as lições que devem ficar da pandemia, ele citou a importância de uma governança global no combate às grandes ameaças de saúde, aos vírus que virão. E também a relevância de lideranças de qualidade para saberem enfrentar os desafios do futuro (ouça a partir de 25:31).

Sobre esse último ponto, ele opiniou sobre governo brasileiro (em 32:26). "O Brasil é um desastre absoluto, primeiro de tudo, por causa do problema da liderança central. Que outro país do mundo teve três ministros da Saúde durante a pandemia, sendo que o terceiro é um militar que não tem nenhuma qualificação? Só isso já mostra a catástrofe da liderança. Então, eu acho que daí nós temos que extrair a lição que quando os eleitores erram na escolha de uma liderança, eles podem estar assinando a sentença de morte deles mesmos. Porque essa liderança errada não vai ser capaz de da proteção a cada um desses eleitores."

Geração P

A letra "P", do nome do podcast, refere-se à pandemia, às perspectivas e, especialmente, às projeções de como serão nossas vidas daqui para frente. Assista abaixo ao vídeo de lançamento do podcast.

Às segundas e quartas, o programa tem apresentação de Jamil Chade e Ruth Manus. Eles trazem bate-papos, análises e reflexões sobre os novos caminhos que se formam a partir da Covid-19, além de entrevistas. Aos sábados, o podcast volta seu olhar a mulheres no Brasil que estão na linha de frente contra o coronavírus. A jornalista Giuliana Bergamo conta essas histórias, que fazem parte de uma série de reportagens especiais de Universa, a plataforma feminina do UOL.

Se quiser saber mais sobre como será a civilização pós-pandemia, a plataforma Ecoa, também do UOL, traz a visão de diversos especialistas na série O Mundo Pós-Covid-19. Eles desenham possíveis cenários para o que vem depois e falam sobre como as escolhas de agora podem contribuir para a construção de um futuro mais desejável.

Você pode ouvir o podcasdt Geração P no UOL, no Youtube e em distribuidores de podcasts, como Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e Deezer. Com este lançamento, o UOL soma 14 podcasts: você pode conferir todos os programas em uol.com.br/podcasts.