PUBLICIDADE
Topo

Carolina Brígido

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

André Mendonça toma posse no STF até dia 17 se for aprovado em sabatina

André Mendonça, indicado para uma vaga no STF - Kleyton Amorim/UOL
André Mendonça, indicado para uma vaga no STF Imagem: Kleyton Amorim/UOL
Carolina Brígido

Escreve sobre Judiciário, especialmente o STF, desde 2001. Participou da cobertura do mensalão, da Lava-Jato e dos principais julgamentos dos últimos anos. Foi repórter e analista do jornal "O Globo" de 2001 a 2021. Foi colunista a revista "Época" de 2019 a 2021.

Colunista do UOL

29/11/2021 16h34

Se tiver o nome avalizado pelo Senado na quarta-feira (1°), André Mendonça tomará posse como ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) ainda neste ano. A previsão é que a cerimônia seja realizada até 17 de dezembro, último dia das atividades da Corte neste ano. Depois disso, haverá recesso e o tribunal funcionará em regime de plantão. O presidente, Luiz Fux, julgará apenas casos urgentes.

Ainda não foi definido o formato da cerimônia. Caberá a Mendonça, se for aprovado, decidir se a posse será realizada no plenário do STF de forma presencial, ou por videoconferência. Se optar pela primeira alternativa, pouca gente será convidada. Isso porque existe uma resolução em vigor no STF que determina distância de pelo menos dois metros entre as pessoas no tribunal.

Antes da pandemia, associações de magistrados costumavam oferecer uma festa em Brasília em homenagem ao empossado depois das formalidades no STF. Quando Kassio Nunes Marques tomou posse, em novembro do ano passado, as festividades não ocorreram, para evitar a disseminação da Covid-19. Ainda não há definição sobre isso no caso de Mendonça.

A sabatina será realizada na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado. Em seguida, o nome dele será submetido a votação no plenário do Senado. Somente depois desse procedimento, e se Mendonça for aprovado, as festividades serão definidas.