PUBLICIDADE
Topo

Chico Alves

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Vaquinha doa R$ 168 mil a compra de cobertores para moradores de rua em SP

Moradores em situação de rua - Edu Braga/ONG Bem da Madrugada/Divulgação
Moradores em situação de rua Imagem: Edu Braga/ONG Bem da Madrugada/Divulgação
Chico Alves

Chico Alves é jornalista, por duas vezes ganhou o Prêmio Embratel de Jornalismo e foi menção honrosa no Prêmio Vladimir Herzog. Foi editor-assistente na revista ISTOÉ e editor-chefe do jornal O DIA. É co-autor do livro 'Paraíso Armado', sobre a crise na Segurança Pública no Rio, em parceria com Aziz Filho.

Colunista do UOL

18/05/2022 09h31

A campanha de crowdfunding, tipo de vaquinha virtual, realizada pelo Instituto Conhecimento Liberta (ICL) com o objetivo de comprar cobertores para pessoas que estão em São Paulo em situação de rua arrecadou mais de R$ 168 mil em 24 horas. O valor equivale a mais que o triplo da meta de R$ 50 mil estabelecida no site onde foi feita a arrecadação.

A iniciativa do ICL foi feita em parceria com o padre Júlio Lancellotti e com o roqueiro João Gordo, do grupo Solidariedade Vegan. Surpreendeu os organizadores a mobilização que resultou nos recursos que serão usados na compra e doação de cobertores para as famílias em situação de rua em São Paulo, altamente vulneráveis às baixíssimas temperaturas previstas para os próximos dias.

"O resultado foi emocionante", diz o economista Eduardo Moreira, responsável pelo ICL. "Em 12 horas de vaquinha já tínhamos dobrado a meta".

Segundo Moreira, os R$ 168 mil são um valor maior do que a Prefeitura de São Paulo destina à compra de cobertores.