PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Diogo Schelp


Associação Médica Brasileira apoia Nelson Teich para vaga de Mandetta

Nelson Teich foi consultor informal na campanha eleitoral de Bolsonaro e chegou a ser cotado para assumir o Ministério da Saúde após a eleição - Reprodução via BBC
Nelson Teich foi consultor informal na campanha eleitoral de Bolsonaro e chegou a ser cotado para assumir o Ministério da Saúde após a eleição Imagem: Reprodução via BBC
Diogo Schelp

Diogo Schelp é jornalista com 20 anos de experiência. Foi editor executivo da revista VEJA e redator-chefe da ISTOÉ. Durante 14 anos, dedicou-se principalmente à cobertura e à análise de temas internacionais e de diplomacia. Fez reportagens em quase duas dezenas de países. Entre os assuntos investigados nessas viagens destacam-se o endurecimento do regime de Vladimir Putin, na Rússia, o narcotráfico no México, a violência e a crise econômica na Venezuela, o genocídio em Darfur, no Sudão, o radicalismo islâmico na Tunísia e o conflito árabe-israelense. É coautor dos livros ?Correspondente de Guerra? (Editora Contexto, com André Liohn) e ?No Teto do Mundo? (Editora Leya, com Rodrigo Raineri).

Colunista do UOL

16/04/2020 16h39

A Associação Médica Brasileira, cujo presidente, Lincoln Lopes, era um dos cotados para substituir Luiz Henrique Mandetta no comando do Ministério da Saúde, divulgou uma nota na tarde desta quinta-feira (16) informando que participou do aconselhamento para a escolha de Nelson Teich para a pasta.

O presidente Jair Bolsonaro anunciou a troca de nomes na tarde desta quinta-feira.

Segue a íntegra da nota:

"A Associação Médica Brasileira informa que participou de audiência, na manhã e na tarde de hoje (16/04), com o Excelentíssimo Senhor Presidente da República Jair Bolsonaro, acompanhando o dr. Nelson Luiz Sperle Teich. Estiveram presentes pela AMB Lincoln Lopes Ferreira, presidente, Diogo Leite Sampaio, vice-presidente, e José Bonamigo, diretor.

Durante a reunião, os problemas da saúde no Brasil e os impactos do coronavírus foram abordados.

Na mesma oportunidade a AMB declarou seu apoio ao nome de Nelson Luiz Sperle Teich para ocupar a pasta da Saúde, pelo seu perfil altamente técnico, importante para o momento atual.

'Na AMB referendamos o nome de Nelson Teich. É um nome que conta com nosso total apoio e pelo qual temos muita simpatia. Respeitado na classe médica, eminentemente técnico, gestor e altamente preparado para conduzir o ministério da Saúde', declara Lincoln."

Um ex-presidente da AMB, o médico Florentino Cardoso, está comandando estudos com o vermífugo nitazoxanida, conhecido como Annita, no tratamento de covid-19. Trata-se do mesmo remédio "secreto" no qual o ministro da Ciência e Tecnologia Marcos Pontes deposita suas esperanças.

Nesta quarta-feira (15), o mesmo dia em que Pontes falou do remédio "secreto", a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) incluiu a nitazoxanida na lista de remédios controlados.

Diogo Schelp