PUBLICIDADE
Topo

Mandetta está dividido entre lealdade a Bolsonaro ou a suas próprias ideias

Tales Faria

Tales Faria largou o curso de física para se formar em jornalismo pela UFRJ em 1983. Foi vice-presidente, publisher, editor, colunista e repórter de alguns dos mais importantes veículos de comunicação do país. Desde 1991 cobre os bastidores do poder em Brasília. É coautor do livro vencedor do Prêmio Jabuti 1993 na categoria Reportagem, ?Todos os Sócios do Presidente?, sobre o processo de impeachment de Fernando Collor de Mello. Participou, na Folha de S.Paulo, da equipe que em 1986 revelou o Buraco de Serra do Cachimbo, planejado pela ditadura militar para testes nucleares.

Colunista do UOL

19/03/2020 12h43

O ministro da Saude, Henrique Mandetta, é um homem dividido. Não sabe até onde deve ser leal ao presidente Bolsonaro e os bolsonaristas e até onde deve ser leal às suas ideias, à medicina, ao seu partido e aos seus verdadeiros amigos.

Enquanto ele tenta combater o coronavírus e agradece à China pelo envio de equipamentos, o presidente detona recomendações médicas e o filho, deputado Eduardo Bolsonaro, abre guerra com a China, à caça do fantasma do Partido Comunista,