Topo

UOL Confere

Uma iniciativa do UOL para checagem e esclarecimento de fatos

Vídeos foram alterados para parecerem atos de campanha de Bolsonaro

Arte/UOL
Imagem: Arte/UOL

Do UOL, em São Paulo

19/09/2018 20h13

Dois vídeos replicados nas redes sociais que mostram multidões supostamente em atos de apoio ao candidato Jair Bolsonaro (PSL), em Campinas (SP) e em Brasília, são falsos. O primeiro mostra, na verdade, torcedores vendo um jogo do Brasil na Copa do Mundo. O outro é de um ato pelo impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

O primeiro vídeo foi postado com um texto curto que diz que a gravação é de um ato, em Campinas, "em prol da saúde" do candidato. Além disso, o áudio foi adulterado. Mas o original, gravado no largo do Rosário, na cidade paulista, mostra a multidão reunida para assistir à transmissão de uma partida da Copa do Mundo, mais precisamente do jogo entre Brasil e Sérvia, realizado em 27 de junho deste ano.

O deputado federal sofreu um ataque com faca em 6 de setembro de 2018 e está internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo.

O segundo vídeo mostra Bolsonaro discursando na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. A corrente diz que a gravação é de uma caminhada realizada no dia 5 de setembro de 2018 e finalizada às 14h da mesma data. Isto é falso. O projeto Comprova localizou o vídeo original, feito em 13 de março de 2016, durante manifestação contra a corrupção e pela saída da então presidente Dilma.

Em 5 de setembro, Bolsonaro esteve no Distrito Federal, mas participou de uma carreata no centro de Ceilândia e em Taguatinga, e não na Esplanada dos Ministérios, que fica no centro de Brasília. A informação aparece na agenda do candidato do PSL, enviada à imprensa no dia 2 de setembro.

O “Poder360”, integrante do Comprova, acompanhou o presidenciável nesta data, publicando fotos e vídeos da carreata. Em uma das gravações, é possível ver que ele discursou para um público bem menor em Taguatinga, e não para uma multidão na Esplanada.

Na terça-feira (18), o Comprova verificou a falsidade de outro vídeo enganoso. Este supostamente mostrava um milhão de pessoas manifestando-se em apoio ao candidato do PSL em Brasília. A gravação também era, no entanto, de um ato pelo impeachment de Dilma, realizado em 2015, e não havia nenhuma referência a Bolsonaro nas imagens.

Estes três vídeos, em seu conjunto, foram visualizados cerca de 6 milhões de vezes no Facebook.

Os vídeos de Campinas e da Esplanada foram verificados agora pela agência “AFP”, pela rádio “BandNews FM” e pelo “Poder360”, além do UOL e da “Gazeta Online”, todos integrantes do projeto Comprova.

O Comprova é um projeto integrado por 24 empresas brasileiras de mídia que investiga e explica rumores, conteúdo forjado e táticas de manipulação associadas às eleições presidenciais do Brasil. Envie sua pergunta ou denúncia de boato falso pelo WhatsApp 11 97795-0022.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Newsletters

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero receber

Mais UOL Confere