Topo

UOL Confere

Uma iniciativa do UOL para checagem e esclarecimento de fatos


Eduardo Bolsonaro publica informação e foto erradas sobre Greta Thunberg

Arte/UOL
Imagem: Arte/UOL

Lucas Borges Teixeira

Colaboração para o UOL, em São Paulo

26/09/2019 13h22Atualizada em 26/09/2019 16h24

Resumo da notícia

  • Deputado publicou informação deturpada sobre ativista climática sueca
  • Segundo ele, Greta seria financiada pelo bilionário George Soros
  • Foto postada era uma montagem
  • Não há indicação de que Greta receba dinheiro de Soros

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) publicou uma informação deturpada sobre o suposto financiamento da ativista climática sueca Greta Thunberg, responsável por um dos discursos mais contundentes na reunião do clima da ONU (Organização das Nações Unidas) nesta semana.

Segundo a postagem do deputado no Twitter na noite de ontem (25), Greta seria financiada pelo bilionário húngaro-americano George Soros. A foto postada não é a original. Trata-se de uma montagem.


Eduardo é o candidato do pai, presidente Jair Bolsonaro (PSL), para ser o próximo embaixador do Brasil em Washington, nos Estados Unidos.

FALSO: Greta Thunberg não é financiada por Soros

Não há indicação alguma de que Greta receba dinheiro de George Soros, bilionário famoso mundialmente por financiar iniciativas liberais por meio da fundação Open Society.

No site da fundação, onde são publicados todos os financiamentos, não há nenhuma menção a Greta ou à FFF (Fridays For Future), ONG climática internacional que ela representa.

Em nota enviada ao UOL, a Open Society negou envolvimento com a ativista. "A fundação presta solidariedade à corajosa juventude de ativistas climáticos que lutam por ações imediatas acerca da crise global, que é uma ameaça existencial para as sociedades livres ao redor do mundo. [Entretanto] George Soros e a Open Society Foundations não financiam o trabalho da senhorita Thunberg junto à Fridays for Future", declarou, por e-mail, em inglês.

A assessoria internacional da FFF, baseada na Europa, também negou a informação. "Nós não recebemos nenhum financiamento de George Soros", declarou, em inglês.

De acordo com o texto compartilhado pelo deputado, a ligação entre Greta e Soros se daria por parte de Luisa Neubauer, representante da FFF na Alemanha e amiga de Greta. Segundo a corrente, Neubauer "é porta-voz de uma ONG fundada com o dinheiro da Open Society". No entanto, isto cai por terra visto que, hoje, a alemã representa a FFF.

A reportagem encontrou, por meio de outras acusações na internet, que Neubauer, 23, já fez parte da ONE Foundation, do músico Bono, do U2. Ela participou da ONE Youth (Juventude ONE, em tradução livre), em 2016, dois anos antes da fundação da FFF. De acordo com o site da ONE, a Open Society é uma das suas financiadoras. Junto a ela, entretanto, estão grandes multinacionais, como Apple, Bank of America e Coca-Cola, e outros bilionários, como Bill e Melinda Gates, George Lucas e Sheryl Sandberg, do Facebook.

Logo, não há qualquer ligação direta entre Soros e Greta Thunberg ou a FFF.

O UOL tentou contatar Luisa Neubauer por e-mail. Em resposta automática, a ativista diz que tem recebido muitos pedidos e entrará em contato assim que possível.

Apuração semelhante sobre esta corrente foi feita pelo jornal "O Estado de S.Paulo", que também desmentiu o boato.

FALSO: Imagem com crianças negras é montagem

A imagem que acompanha a postagem de Eduardo Bolsonaro também é uma montagem. Nela, Greta está comendo a bordo de um trem enquanto, supostamente, crianças negras a observam.

A foto original, sem as crianças, foi postada pela própria jovem sueca em 22 de janeiro deste ano. "Almoço na Dinamarca", diz a legenda.

Após ser confrontado por uma seguidora, poucas horas depois de sua publicação, o deputado indicou que sabia que a imagem postada era falsa. "E alguém não percebeu isso?", respondeu o parlamentar.

Soros e Greta são alvos internacionais de fake news

Fake news que envolvem o bilionário húngaro-americano são comuns ao redor do mundo, compartilhadas em especial por páginas e grupos conservadores. Recentemente, foi divulgado que Greta seria neta de Soros, corrente desmentida pela "Agência Lupa".

No Brasil, o UOL Confere também já desmentiu um boato de que Soros seria um dos financiadores da campanha do então candidato a presidente Geraldo Alckmin (PSDB).

O UOL Confere é uma iniciativa do UOL para combater e esclarecer as notícias falsas na internet. Se você desconfia de uma notícia ou mensagem que recebeu, envie para uolconfere@uol.com.br.

UOL Confere