Topo

UOL Confere

Uma iniciativa do UOL para checagem e esclarecimento de fatos


Montagem falsifica encontro de Evo com traficantes Pablo Escobar e El Chapo

Reprodução/Arte UOL
Imagem: Reprodução/Arte UOL

Lucas Borges Teixeira

Colaboração para o UOL, em São Paulo

15/11/2019 04h02

Preste atenção: uma foto falsificada que circula pelas redes sociais mostra uma confraternização entre o ex-presidente boliviano Evo Morales, que renunciou no último domingo, e os narcotraficantes Pablo Escobar, morto em 1993, e o Joaquín Guzmán, conhecido como El Chapo, preso nos Estados Unidos desde 2016.

"O democrata Evo Morales, herói de Lula e da esquerda com Pablo Escobar e El Chapo, os maiores traficantes do mundo!! São esses ídolos que vocês querem???", diz uma das mensagens que circulam pelo aplicativos de mensagem.

Na foto em preto e branco, Evo aparece sorrindo entre o mexicano El Chapo, à esquerda, e o colombiano Pablo Escobar, à direita, olhando para baixo.

O UOL Confere identificou a mesma imagem circulando com legendas em espanhol por contas e grupos de diferentes países da América Latina, como Bolívia, Venezuela e México, desde a semana passada.

Foto divulgada é uma dupla montagem

A foto é, na verdade, uma dupla montagem. Tanto Evo não esteve com El Chapo e Pablo Escobar como os dois traficantes também não estão juntos na foto original.

A montagem dos dois traficantes já circula há um tempo na internet, mas a participação de Evo surgiu na última semana, em meio à crise institucional na Bolívia que desembocou na sua renúncia. A foto original em que o ex-presidente aparece é colorida e ele está em uma sala de aula com a ativista mexicana María Luisa Reséndiz.

A reportagem não conseguiu precisar de quando é a foto, mas ela circula pela internet pelo menos desde dezembro de 2006, no fim do primeiro ano de mandato de Evo.

Fotografias usadas para fabricar montagem com El Chapo, Evo Morales e Pablo Escobar - Reprodução
Fotografias usadas para fabricar montagem com El Chapo, Evo Morales e Pablo Escobar
Imagem: Reprodução

Publicações latino-americanas relevaram um suposto caso de doze anos com a ativista mexicana. A foto dataria da década de 1990.

Mas a foto do trio se trata de uma montagem em cima de outra imagem.

El Chapo também foi colocado digitalmente na foto com Escobar. Esta circula desde 2016, quando o traficante mexicano revelou à revista Rolling Stone que uma vez foi à Colômbia encontrar Escobar. Não há, no entanto, registro deste encontro.

Na foto original de Chapo, sorrindo de bigode, ele aparece sozinho segurando uma sacola. A imagem foi revelada em janeiro deste ano pela filha do traficante, em meio a uma série de fotos íntimas e até então inéditas do pai.

Já a foto de Escobar, que dá origem à montagem, mostra o colombiano em uma festa entre amigos ou parentes. A reportagem não conseguiu identificar quem são as pessoas ao redor dele ou precisar em que ano ela foi tirada, o que se pode afirmar é que nem El Chapo nem Evo estavam lá.

História da Bolívia é marcada por golpes de Estado

Band Notí­cias

O UOL Confere é uma iniciativa do UOL para combater e esclarecer as notícias falsas na internet. Se você desconfia de uma notícia ou mensagem que recebeu, envie para uolconfere@uol.com.br.

UOL Confere