Trecho do JN é adulterado para promover suposto produto contra neuropatia

Um trecho do Jornal Nacional, da TV Globo, foi adulterado para promover falsamente um suposto produto capaz de eliminar a neuropatia — condição que afeta o sistema nervoso periférico e provoca dores crônicas.

O que diz o post:

Os posts trazem falsos relatos de pessoas que, supostamente, sofriam com neuropatia e melhoraram após fazer um tratamento com um suposto médico especialista em dores crônicas, identificado como Roberto Lacerda. Veja um dos relatos abaixo:

Não suportava mais essa dor intensa devido aos meus pés adormecidos e formigando. Havia perdido toda a esperança após anos sofrendo com isso, até que deparei com uma reportagem divulgando a presença de uma enzima natural produzida pelo nosso próprio corpo que pode combater a neuropatia. Só posso expressar minha gratidão a Deus por ter acabado com meu sofrimento, finalmente posso afirmar que recuperei minha vida. Vou compartilhar o vídeo aqui para ajudar todas as pessoas que enfrentam o mesmo problema que eu.

Para tentar dar credibilidade, é divulgado um vídeo adulterado de William Bonner no JN com a seguinte mensagem: "Urgente: médico que desenvolveu uma solução capaz de eliminar a neuropatia é alvo de indústria farmacêutica. Roberto Lacerda, médico especialista em dores crônicas, ganhou fama após ajudar milhares de pessoas a acabar com a neuropatia, através de uma descoberta científica. Ouça o que ele tem a dizer".

Em seguida, o suposto médico fala: "É possível acabar com as dores, formigações e sensações de choque, sem o uso de nenhum medicamento viciante, se trata de uma solução 100% natural, capaz de regenerar e reparar seus nervos danificados, reduzindo em 98% os sintomas da neuropatia. Essa descoberta científica foi revelada em 2021 na pandemia, muitas pessoas ainda não sabem disso devido a censura da indústria farmacêutica, por interesses econômicos. Essa solução aumenta a produção de enzimas em seu corpo, que são responsáveis pela reparação do sistema nervoso, deixando seus nervos resistentes novamente e dando um fim nas dores recorrentes. A indústria farmacêutica não quer de jeito nenhum divulgar essa fórmula, portanto, testem o mais rápido possível, antes que censurem o acesso".

A propaganda enganosa também usa a imagem de uma mulher identificada como Valquíria Cristiane Martins para dar a entender que ela teria concedido entrevista ao JN sobre o produto que trata a neuropatia.

O vídeo também orienta o internauta a clicar em um link que o direciona para um site com indicações de medicamentos. Porém, não é possível ver o nome dos produtos.

Outro vídeo replicado pelos golpistas adultera imagens feitas por Bonner nos bastidores do JN e também traz o logotipo do portal Metrópoles, que não possui relação com o grupo Globo. Na gravação adulterada, Bonner supostamente diz que a matéria exibida no JN sobre neuropatia "repercutiu na internet" e ressalta se tratar de uma "descoberta real". Em seguida, o suposto médico aparece, diz ter sido "censurado pela indústria farmacêutica" e fala sobre sua "descoberta".

Por que é falso:

A TV Globo afirmou se tratar de um "vídeo falso" com imagens adulteradas de William Bonner na bancada do Jornal Nacional, em nota ao UOL Confere.

Continua após a publicidade

Vídeo original foi manipulado, afirma o perito forense Maurício de Cunto que analisou o post a pedido do UOL Confere. "Neste vídeo existem muitas características fraudulentas, em que verifica uma produção para vender um produto ou um tratamento, a partir de um material original manipulado".

Entonação da voz do apresentador "tem traços não naturais" e apresenta ritmo diferente de como William Bonner habitualmente fala, segundo o perito. Isso sugere que a voz do âncora foi "clonada" por meio de inteligência artificial, "controlando, inclusive, o movimento labial, que apresenta algumas falhas", observa De Cunto..

No vídeo fake, Bonner usa a mesma roupa e faz movimentos corporais parecidos aos executados por ele na edição de 22 de novembro de 2019 do JN, quando noticiou a morte do apresentador Gustavo Liberato (veja aqui - a partir de 00min57seg).

Dona de casa Valquíria Cristiane Martins, que aparece no post desinformativo, foi entrevistada pelo Jornal Nacional para outra reportagem, veiculada em 10 de janeiro de 2019 (aqui). Nela, é apresentada uma descoberta de cientistas da Unicamp (Universidade de Campinas) sobre o uso da gordura marrom para a perda de peso. Na época, Valquíria tinha dificuldades para emagrecer. Na reportagem não há nenhuma menção a produto contra neuropatia ou ao "Roberto Lacerda".

Propagandas enganosas sobre produtos para tratar neuropatia também já usaram imagens de Drauzio Varella. Entretanto, o médico brasileiro já destacou que não faz propaganda de remédios ou tratamentos para qualquer doença (veja aqui).

Neuropatia periférica é incurável, mas pode ser tratada com fisioterapia e medicamentos prescritos por médicos confiáveis, preferencialmente em consultórios para evitar cair em golpes.

Continua após a publicidade

Viralização. As publicações enganosas continham, nesta quarta-feira (29), 94.408 visualizações no Facebook, milhares de curtidas e dezenas de comentários e compartilhamentos.

Este conteúdo também foi checado pela agência Reuters (aqui).

Sugestões de checagens podem ser enviadas para o WhatsApp (11) 97684-6049 ou para o email uolconfere@uol.com.br.

Fabíola Cidral conta como reconhecer logo de cara uma fake news

Siga UOL Notícias no
UOL Confere

O UOL Confere é uma iniciativa do UOL para combater e esclarecer as notícias falsas na internet. Se você desconfia de uma notícia ou mensagem que recebeu, envie para uolconfere@uol.com.br.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes