É falso que misturar limão, gengibre e pó de café ajuda a emagrecer

É falso que misturar limão, gengibre e pó de café para tomar em jejum ajuda na perda de peso. Especialistas em nutrição consultados pelo UOL Confere destacaram que essa recomendação, além de não alcançar o efeito esperado, pode acarretar em outros problemas de saúde.

O que diz o post

Vídeo compartilhado no Facebook traz uma suposta receita para auxiliar no processo de emagrecimento. A gravação traz a seguinte mensagem:

"Se você beber café da manhã com limão todas as manhãs com o estômago vazio, perderá as gorduras indesejadas da sua barriga. Primeiro, pegue um limão amarelo bem fresco, esprema para extrair o suco e despeje em um recipiente. Em seguida, guarde a casca do limão e corte-a em pequenos pedaços. O limão é rico em vitamina C e é um excelente aliado para acelerar o metabolismo e promover a perda de peso. Agora, pegue um pedaço de gengibre, descasque-o e reserve apenas a metade, corte essa metade em pequenos pedaços. O gengibre, conhecido por suas propriedades termogênicas, ajuda a queimar gorduras de maneira mais eficaz. Coloque a casca do limão e o gengibre em uma panela, adicione dois copos de água e leve para ferver. Depois de ferver, filtre a mistura para recuperar apenas o suco, encha um copo com esse suco e adicione um pouco do suco de limão que você espremeu. Por fim, incorpore uma colher de chá de café instantâneo no copo, misture bem. O café é um ingrediente incrível para promover a queima de gorduras. Tome essa mistura todas as manhãs com o estômago vazio para aproveitar seus benefícios emagrecedores."

Por que é falso

Mistura pode ser prejudicial à saúde e causar aumento da pressão arterial, segundo a nutricionista Karina Gama, conselheira do CRN-3 (Conselho Regional de Nutricionistas 3ª Região de São Paulo). Por conta da acidez, a combinação desses ingredientes não é recomendada para quem sofre com úlcera e gastrite. O consumo em jejum, como indicado no vídeo, não deve ser feito nem mesmo por pessoas sem comorbidades.

Emagrecimento ocorre por conjunto de fatores, não por um alimento ou composto específico, observa o nutricionista e doutor em ciências Marco Fortes. Entre esses fatores está o déficit calórico, observa a conselheira do CRN-3.

Por mais que todos os componentes citados sejam razoavelmente bons para a saúde, contendo compostos bioativos (que são substâncias que proporcionam benefícios à saúde), tranquilamente todos saudáveis, as alegações feitas não são verdades. A eliminação de gorduras, emagrecimento, definição, isso não é causado especificamente por um composto ou alimento, mas por um conjunto de vários fatores que deve ser combinado. Marco Fortes, nutricionista e professor de educação física

A adequação na quantidade de calorias ingeridas promove um déficit calórico, ou seja, uma ingestão calórica diária inferior ao gasto de energia do organismo, que mobiliza as reservas de gordura corporal e favorece a perda de peso. Já a adequação qualitativa, permite uma oferta equilibrada de nutrientes que promovem o emagrecimento sem prejuízos ao organismo. Karina Gama, conselheira do CRN-3

Busca pelo "corpo dentro do padrão" e por resultados rápidos e fáceis favorecem a divulgação de dietas supostamente milagrosas, entendem os nutricionistas ouvidos por UOL Confere. "Esse conteúdo é típico de click bait para gerar engajamento", destacou Fortes. A recomendação é buscar informações em fontes confiáveis, como, por exemplo, publicações do Ministério da Saúde, associações e sociedades vinculadas a profissionais da saúde, entre outras.

Continua após a publicidade

Viralização. A postagem consta, nesta terça-feira (5), com 1,6 milhão de visualizações, 28,2 mil curtidas, 7,2 mil compartilhamentos e 706 comentários no Facebook.

Este conteúdo também foi checado pela agência Reuters (aqui).

Sugestões de checagens podem ser enviadas para o WhatsApp (11) 97684-6049 ou para o email uolconfere@uol.com.br.

Fabíola Cidral conta como reconhecer logo de cara uma fake news

Siga UOL Notícias no
UOL Confere

O UOL Confere é uma iniciativa do UOL para combater e esclarecer as notícias falsas na internet. Se você desconfia de uma notícia ou mensagem que recebeu, envie para uolconfere@uol.com.br.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes