Dois sargentos da PM são presos por dormir em serviço em motel no Rio

Eduardo Carneiro

Colaboração para o UOL

  • Reprodução/Redes Sociais

    Membros da Polícia Militar do RJ foram presos enquanto dormiam em serviço em motel

    Membros da Polícia Militar do RJ foram presos enquanto dormiam em serviço em motel

Dois sargentos da Polícia Militar do Rio de Janeiro (PMERJ) foram presos na madrugada desta terça-feira (8) depois de serem encontrados dormindo no estacionamento de um motel em Mesquita, Baixada Fluminense, em horário de serviço.

A dupla, que atua em um setor da região, foi flagrada por agentes da corregedoria da PM e acabou detida. Os policiais não tiveram a identidade revelada.

Imagens do veículo do batalhão estacionado na garagem do estabelecimento estão circulando pelas redes sociais.

Em nota enviada ao UOL, a PM informou que "os militares estão sendo autuados pela Corregedoria da PM e seguirão para a Unidade Prisional, por descumprimento de missão e abandono de posto".

Segundo o artigo 196 do Código Penal Militar, "abandonar, sem ordem superior, o posto ou lugar de serviço que lhe tenha sido designado, ou o serviço que lhe cumpria, antes de terminá-lo" prevê como pena detenção de três meses a um ano.

Já de acordo com o artigo 195, o militar que deixa de desempenhar a missão que lhe foi confiada pode pegar de seis meses a dois anos de detenção, se o fato não constitui crime grave. Se o oficial é o agente, a pena é aumentada de um terço, e se o agente exercia função de comando, a pena é aumentada de metade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos