PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Vermelho e com espuma. Rio muda de aparência após acidente com carreta em GO

Avermelhado e coberto por espuma, aparência do Rio Vermelho assustou moradores - Corpo de Bombeiros/Divulgação
Avermelhado e coberto por espuma, aparência do Rio Vermelho assustou moradores Imagem: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Fabiana Marchezi

Colaboração para o UOL

23/02/2018 14h51

Um carga de cerca de 10 mil litros de sangue bovino foi derramada no Rio Vermelho, em Cidade de Goiás, após o tombamento de uma carreta de modelo bitrem na GO-070. O acidente aconteceu por volta das 4 horas da manhã desta sexta-feira (23).

Leia também

O motorista ficou gravemente ferido, segundo o Corpo de Bombeiros. A coloração vermelha e a espuma formadas nas águas do rio assustaram os moradores da região.

Cor da água mudou após acidente de caminhão, com derramamento de sangue bovino - Corpo de Bombeiros/Divulgação - Corpo de Bombeiros/Divulgação
Cor da água mudou após acidente de caminhão, com derramamento de sangue bovino
Imagem: Corpo de Bombeiros/Divulgação

O UOL apurou que o veículo saiu da pista e tombou às margens do rio, derramando toda a carga na água. O tenente-coronel do Corpo de Bombeiros de Cidade de Goiás, Jailton Figueiredo, disse que a corporação não teve como evitar que o sangue caísse no rio.

“A carreta se rompeu e toda a carga foi derramada às margens do rio. Mas não há motivo para preocupação. O sangue é biodegradável e, inclusive, o rio já voltou ao seu normal”, afirmou o tenente-coronel à reportagem.

Segundo Figueiredo, o sangue do boi costuma ser usado na fabricação de ração para animais. O rio não foi contaminado, de acordo com o Corpo de Bombeiros, uma vez que o líquido derramado não é tóxico e nem é poluente.

“O rio está com volume considerável de água e a espuma foi uma reação à mistura da água com o sangue. Mas tudo já está dentro da normalidade”, concluiu.

O motorista do veículo teve traumatismo craniano e foi encaminhado a um hospital da região, próximo ao local do acidente.

Cotidiano