PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Mala encontrada em casa de João de Deus tinha R$ 1,2 milhão

Divulgação - 21.dez.2018/Polícia Civil de Goiás
Imagem: Divulgação - 21.dez.2018/Polícia Civil de Goiás

Do UOL, em São Paulo

22/12/2018 13h07Atualizada em 22/12/2018 23h02

A mala com dinheiro encontrada pela Polícia Civil de Goiás em uma das casas de João Teixeira de Faria, o João de Deus, tinha R$ 1,2 milhão, informou a corporação neste sábado (22). Os policiais também encontraram 770 euros e US$ 908.

Os valores foram achados ontem, durante operação de busca e apreensão em Abadiânia (GO). Além do dinheiro, os policiais localizaram dezenas de pedras que podem ser preciosas e um fundo falso, dentro de um guarda-roupa, onde ficava um cofre que estava vazio.

A defesa de João de Deus classificou a expedição do mandado de busca como inadmissível, porque teria como base uma denúncia anônima e genérica. 

Em buscas anteriores feitas em outras propriedades ligadas a João de Deus, foram encontradas seis armas, mais de R$ 400 mil e pedras preciosas.

João de Deus está preso preventivamente desde domingo (16) no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia em razão de uma série de denúncias de abuso sexual -- o MP-GO (Ministério Público de Goiás) recebeu quase 600 relatos de 255 potenciais vítimas.

A defesa de João de Deus afirma que sua prisão representa um "constrangimento ilegal", e já entrou com recursos para tentar tirá-lo da cadeia.

Ele também é alvo de outro mandado de prisão, aceito pela Justiça na sexta (21), por porte ilegal de arma de uso restrito. A defesa considerou a decisão "desnecessária" e "inidônea". 

Cotidiano