Topo

Morador flagra "chuva de aranhas" no sul de Minas; assista ao fenômeno

Marcela Leite

Do UOL, em São Paulo

10/01/2019 14h03

Um morador de Espírito Santo do Dourado, no sul de Minas Gerais, assustou-se ao presenciar uma "chuva de aranhas" no começo deste ano em um sítio. Nas imagens feitas por João Pedro Fonseca e publicadas nas redes sociais, a impressão é de que os pequenos aracnídeos estão caindo do céu. 

As responsáveis por levar estranhamento ao internauta são as aranhas da espécie Parawixia bistriata, de acordo com a bióloga Cristina Anne Rheims, do Instituto Butantan, em São Paulo. No entanto, a especialista explica que não há motivo para pânico. "Elas são inofensivas, não causam acidentes e seu veneno não é perigoso para o homem", diz.

Segundo a bióloga, o fenômeno é comum e costuma ocorrer em áreas rurais, principalmente em períodos de temperatura elevada. O que dá a ilusão de chuva, de acordo com Cristina, é a "teia comunitária para caçar" que, por ser tão fina, causa a impressão de que os animais estão suspensos no ar. Estas teias podem abrigar até 100 aranhas, são tecidas no fim da tarde e costumam desaparecer pela manhã.

Mais Cotidiano