Topo

PF destrói máquinas e acampamentos de garimpeiros em terras indígenas em RO

Maquinário queimado durante operação da PF contra garimpo ilegal - PF / Divulgação
Maquinário queimado durante operação da PF contra garimpo ilegal Imagem: PF / Divulgação

Carlo Madeiro

Colaboração para o UOL, em Maceió

27/02/2019 20h01

A PF (Polícia Federal) e o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Renováveis) informaram hoje que concluíram uma operação em duas terras indígenas para destruir máquinas e acampamentos de garimpeiros e desmatadores no interior de Rondônia. 

A ação ocorreu nos dias 25 e 26 nas terras indígenas de Roosevelt e Sete de Setembro, invadidas para atividade ilegal. As terras, segundo a lei, pertencem aos índios, e o pedido pela operação partiu da Funai (Fundação Nacional do Índio). Ninguém foi preso.
 
Na terra indígena Roosevelt, a PF informou que foram apreendidas e destruídas duas pás carregadeiras e diversos motores que estavam sendo utilizados na atividade de garimpo ilegal.

Já na terra indígena Sete de Setembro, foram destruídos um trator de esteira, diversas máquinas destinados ao garimpo e dois acampamentos de garimpeiros. 

Ainda na operação, documentos e materiais foram apreendidos pelos policiais, e servidores do Ibama e devem ajudar nas investigações para responsabilizações dos crimes.

Cotidiano