Topo

Arma é furtada de estande do maior evento de segurança da América Latina

Gabriel Saboia

Do UOL. no Rio de Janeiro

02/04/2019 12h13

Uma "arma não funcional" foi furtada na manhã de hoje do estande da Berretta Defense Technologies, no primeiro dia da LAAD, a principal feira do setor de defesa e segurança da América Latina, que está sendo realizada no Rio de Janeiro.

O armamento foi levado enquanto o presidente em exercício, general Hamilton Mourão (PRTB), fazia a palestra de abertura da feira em que prometeu investimentos do governo federal para o setor. O furto foi confirmado pela assessoria da LAAD. A empresa informou que não vai se manifestar.

O armamento em questão foi uma pistola APX Combate 9 mm. O custo do armamento gira em torno de 400 euros (cerca de R$ 1.735). A pistola é considerada "não funcional", já que não estava equipada de percursor --o artefato que impulsiona a munição. Após o furto, todas as armas expostas pela Berretta foram retiradas do estande.

De acordo com funcionários do estande, a arma também não tinha munições em seu interior. Eles informaram que só repararam a ausência da arma da parede em que estava exposta e chamaram a segurança do Rio Centro, onde acontece o evento. A Laad informou que já está colaborando com as autoridades na apuração do furto.

À tarde, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, tem palestra confirmada no evento.

Estande da Berretta Defense Technologies teve arma furtada no Rio - Gabriel Sabóia/UOL
Estande da Berretta Defense Technologies teve arma furtada no Rio
Imagem: Gabriel Sabóia/UOL

Mais Cotidiano