Topo

Homem é preso suspeito de espancar, amordaçar e amarrar mulher por 36 horas

Serviço de emergência foi acionado para socorrer mulher agredida - Diego Padgurschi/Folha Imagem
Serviço de emergência foi acionado para socorrer mulher agredida Imagem: Diego Padgurschi/Folha Imagem

Jéssica Nascimento

Colaboração para o UOL, em Brasília

22/05/2019 16h41

Uma jovem de 19 anos está internada em um hospital da região de Posse (GO) após ter sido espancada, amarrada e amordaçada por 36 horas. De acordo com a Polícia Civil, o companheiro da vítima, de 33 anos, foi preso ontem e é o principal suspeito do crime.

"Em depoimento no hospital, a vítima nos relatou que ela e o marido tiveram uma discussão e ele começou a agredi-la na quinta-feira (17). Ele amarrou as mãos e os pés da mulher com uma fita adesiva, a amordaçou e a manteve assim até as 17h de sexta-feira (18)", disse o delegado Alexandre Câmara.

Durante o período em que a vítima ficou amarrada, segundo a polícia, o suspeito dormiu.

Após desamarrar a mulher, o homem deixou a esposa com a irmã dela, que acionou o Samu, e fugiu da cidade, segundo a polícia.

A jovem foi socorrida e levada para o hospital com os dois olhos roxos e várias escoriações pelo corpo.

Exames constataram um coágulo no seio em decorrência das lesões. Segundo a polícia, ela não tem previsão de receber alta.

Uma perícia foi realizada na casa onde o crime foi cometido na manhã de hoje. Amigos e familiares da jovem devem ser ouvidos nos próximos dias.

Suspeito se entregou

O delegado Alexandre Câmara, que investiga o caso, afirma que o suspeito procurou a delegacia na cidade de Alvorada do Norte, a 58 quilômetros de Posse, acompanhado de familiares e advogados, após um mandado de prisão preventiva ser expedido pela Justiça. Ele já tinha passagens pela polícia por agressão a ex-companheiras.

À polícia, o homem disse que agiu em legítima defesa e que foi agredido diversas vezes pela mulher.

O UOL procurou o advogado do suspeito, Euler Antônio de Araújo, mas até o momento ele não se manifestou.

Mais Cotidiano