Topo

Barragem transborda, atinge povoado e cidade deve ser evacuada na Bahia

Aliny Gama, Carlos Madeiro e Alexandre Santos

Colaboração para o UOL, em Maceió e Salvador

11/07/2019 14h56Atualizada em 11/07/2019 22h49

Após fortes chuvas, uma barragem em Pedro Alexandre (BA) transbordou e, por volta das 11h de hoje, a água inundou os povoados de Quati e Boa Sorte, na zona rural do município. A inundação chegou também à cidade de Coronel João Sá, a 40 quilômetros.

Segundo a Defesa Civil, há relatos de perdas materiais e de populações desabrigadas, mas não há registro de mortes.

À tarde, o prefeito de Pedro Alexandre, Pedro Gomes Filho (PSD), decretou situação de calamidade "considerando o volume de água que tomou a cidade, causando inundações, enxurradas, alagamentos que ocasionaram danos materiais em residências, vias públicas, pontes e equipamentos públicos diversos".

Com o decreto, a prefeitura autorizou agentes públicos a entrar nas casas para prestar socorro ou determinar evacuação. As aulas na rede pública municipal também foram suspensas por tempo indeterminado.

Não se sabe ao certo o estado da barragem. Inicialmente, a prefeitura de Coronel João Sá havia informado que parte da estrutura havia se rompido, mas o governo do Estado disse que a informação não havia sido confirmada.

Moradores retirados de suas casas

Segundo a Superintendência de Defesa Civil do Estado da Bahia (Sudec), moradores da parte baixa do município de Coronel João de Sá também foram retirados de suas casas.

Segundo relatório da Agência Nacional de Águas (ANA), a barragem em questão é de responsabilidade do governo do estado.

Em nota, o governo baiano disse que a barragem foi construída pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (Car) e entregue em novembro de 2000 à Associação de Moradores da Comunidade de Quati.

Pedro Alexandre e Coronel João Sá estão na região nordeste da Bahia, a 435 quilômetros de Salvador. De acordo com o Censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), cada cidade tem cerca de 17 mil habitantes.

Caminho da água

A primeira localidade a ser atingida pelo grande volume de água da barragem foi o povoado de Quati, em Pedro Alexandre. Segundo a Defesa Civil, a localidade está ilhada. "A água atingiu os imóveis e ficou na altura da canela", disse Gantois.

Em post publicado em seu Instagram, o prefeito de Coronel João Sá, Carlinhos Sobral (MDB), pediu que a população que mora em áreas de risco deixasse suas casas.

11.jun.2017 - O município de Coronel João Sá foi atingido pela água que transbordou da barragem - Município de Coronel João Sá / Reprodução
11.jun.2017 - O município de Coronel João Sá foi atingido pela água que transbordou da barragem
Imagem: Município de Coronel João Sá / Reprodução
No início da tarde, a prefeitura divulgou imagens aéreas mostrando parte do município já sob alagamento.

"É uma situação atípica, nunca aconteceu isso e nós não sabemos as consequências. Peço encarecidamente que as pessoas que moram em situação de risco saiam de suas casas. É melhor prevenir", informou Sobral. Ele disse também que as escolas estão liberadas para receber as famílias. "Todas as escolas estão disponíveis para poder receber as pessoas", disse.

Trecho de rodovia que interliga estados está interditado

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) na Bahia também informou que a BR-235, que liga Bahia e Sergipe, ficou interditada das 8h10 até às 20h51 de hoje devido ao transbordo do rio do Peixe. O nível do rio baixou, e a pista está totalmente liberada, segundo o órgão.

Errata: o texto foi atualizado
Versão inicial deste texto dizia que a barragem afetada pelas chuvas era a de Riacho Lagoa Grande. A informação foi corrigida: a estrutura em questão é a barragem de Quati.

Cotidiano