Topo

MP denuncia dois filhos de Flordelis por assassinato de marido da deputada

Filho de deputada Flordelis e pastor assassinado Anderson do Carmo é preso durante enterro, diz delegada - Reprodução
Filho de deputada Flordelis e pastor assassinado Anderson do Carmo é preso durante enterro, diz delegada Imagem: Reprodução

Marina Lang

Colaboração para o UOL, no Rio

16/08/2019 11h52

O Ministério Público do Rio denunciou os dois filhos da deputada federal Flordelis (PSC-RJ) pelo assassinato do marido dela, o pastor Anderson do Carmo, 42, morto a tiros em 16 de junho.

Flávio dos Santos Rodrigues, 38, e Lucas Cezar dos Santos de Souza, 18, já estão presos temporariamente pelo homicídio de Carmo na Divisão de Homicídios de Niterói e São Gonçalo, que investiga o caso.

De acordo com a denúncia, por volta das 03h30 do dia 16, na residência do casal, em Niterói, Flávio desferiu diversos disparos de arma de fogo contra Anderson, causando a sua morte.

Ainda segundo o documento, "Lucas atuou como cúmplice do irmão pois, sabedor da intenção de Flávio, bem como dos motivos e do plano de execução, a tudo aderiu e o ajudou a adquirir a arma utilizada no crime".

Flávio também foi denunciado "por manter, em sua residência, arma de fogo, acessório e munição de uso proibido ou restrito, quais sejam, uma pistola Bersa, modelo TPR9 calibre 9mm, acompanhada de acessório de mira ótica e carregador".

Segundo o MP do Rio, além de não possuir autorização para portar a arma de fogo, o número de série da arma estava "raspado e suprimido por ação mecânica, conseguindo os peritos identificá-lo somente em laboratório por meios químico-metalográficos".

Eles foram denunciados por homicídio qualificado, cuja pena vai de 12 a 30 anos. Flávio foi denunciado por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, com pena prevista de três a seis anos de reclusão.

Procurada pela reportagem, as defesas de Flávio e Lucas ainda não se manifestaram sobre a denúncia do MP do Rio.

Mais Cotidiano