Topo

Carro atinge duas casas e fica suspenso sobre telhado e muro no DF; veja

Jéssica Nascimento

Colaboração para o UOL

10/11/2019 15h11Atualizada em 11/11/2019 08h04

Resumo da notícia

  • Uma motorista foi presa ontem após o carro que dirigia atingir duas casas em Vicente Pires (DF) e ficar suspenso no telhado
  • O teste do bafômetro revelou que ela estava embriagada
  • As casas estavam vazias, e ninguém ficou ferido no acidente
  • A mulher foi detida e poderá ser liberada após pagar fiança no valor de R$ 5.000

Uma motorista foi presa ontem após o carro que dirigia atingir duas casas em Vicente Pires, região administrativa do Distrito Federal. Imagens mostram que o veículo ficou em cima do telhado de uma das residências. A mulher, que não teve a identidade revelada, fez o teste do bafômetro, que indicou que ela tinha 0,67 miligramas de álcool por litro de ar alveolar. O valor é 1.240% maior do que o permitido. Ninguém se feriu no incidente.

O acidente ocorreu por volta de 23h30, na Rua 4. Segundo a Polícia Civil, nenhum morador estava nas casas na hora da colisão. Câmeras de monitoramento do trânsito na rua registraram o momento em que o carro, desgovernado, avançou em direção às casas (veja abaixo).

O carro ficou preso no muro de casa em Vicente Pires, no DF - Divulgação / Defesa Civil
O carro ficou preso no muro de casa em Vicente Pires, no DF
Imagem: Divulgação / Defesa Civil

O caso foi registrado na 12ª Delegacia de Polícia. Segundo o boletim de ocorrência, ao qual o UOL teve acesso, um homem também estava no veículo.

Aos policiais, os dois ocupantes do carro não informaram quem estava dirigindo, mas testemunhas contaram que a mulher estava ao volante. Segundo a polícia, o casal estava com claros sinais de embriaguez, com "andar cambaleante, odor etílico e fala desconexa". O homem estava com 0,81 miligramas de álcool por litro de ar alveolar.

Os dois foram encaminhados para a delegacia. A motorista foi detida e poderá ser liberada após pagar fiança no valor de R$ 5.000. Já o passageiro assinou um termo de comparecimento à Justiça e foi liberado.

Ao UOL, o dono das casas, o aposentado Lucas Marcelino, disse que o prejuízo está estimado em mais de R$ 20 mil.

"Quem bebe e dirige assume o risco de matar. Ainda bem que a gente não estava em casa, nem o meu carro. Apesar disso, a motorista amassou a frente toda da casa, quebrou as telhas. O prejuízo foi grande. Espero que eles paguem", disse.

A família ficou sabendo do acidente por meio de imagens de câmeras de segurança, que transmitiram a batida em tempo real. Agora, dizem que pretendem entrar na Justiça contra o casal. "Queremos os nossos direitos. Eles não podem beber, invadir nossas casas e ficar por isso mesmo. É muito triste tudo o que aconteceu", afirmou Marcelino.

O aposentado Lucas Marcelino é dono das duas casas - Jessica Nascimento/UOL
O aposentado Lucas Marcelino é dono das duas casas
Imagem: Jessica Nascimento/UOL

A Subsecretaria do Sistema de Defesa Civil, vinculada à Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF), informou que realizou vistoria nas duas casas, atendendo solicitação do Corpo de Bombeiros.

A casa, onde o telhado foi atingido, está interditada. Parte do terreno da residência ao lado também foi interditado. A Defesa Civil fez a avaliação para remoção do automóvel, o que deverá ocorrer amanhã (11).

Cotidiano