PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus: Polícia recolhe uma tonelada de álcool gel irregular em Goiás

Delegacia suspeita de uso de fécula de mandioca no lugar de carbopol; Vigilância Sanitária lacrou o estabelecimento - Divulgação
Delegacia suspeita de uso de fécula de mandioca no lugar de carbopol; Vigilância Sanitária lacrou o estabelecimento Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

01/04/2020 17h11

Policiais civis da Decon (Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor) de Goiás e fiscais da Vigilância Sanitária apreenderam ontem cerca de uma tonelada de álcool gel, produto de demanda em alta durante a pandemia do novo coronavírus, em uma fábrica de cosméticos de Goiânia.

A empresa estaria fabricando o produto de maneira irregular. Entre outras irregularidades, suspeita-se de que os responsáveis teriam substituído o carbopol (substância utilizada na fabricação do álcool gel) por fécula de mandioca, mais barata, na fórmula.

Frente à ação e a questões ligadas à higiene do local, a fábrica foi autuada e lacrada pela Vigilância Sanitária. O produto apreendido, de acordo com a Polícia Civil, deverá ser inutilizado. A Decon ainda instaurou inquérito para averiguar o caso.

Segundo dados divulgados ontem pela Secretaria de Saúde de Goiás (SES-GO), o estado tem 65 casos confirmados do novo coronavírus, distribuídos por 13 cidades. A maior concentração é justamente na capital, com 39.

Coronavírus