PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Esse conteúdo é antigo

São Paulo testa equipamento de luz ultravioleta para higienizar trens

Equipamento é capaz de esterelizar vagão em um minuto - Divulgação
Equipamento é capaz de esterelizar vagão em um minuto Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

16/04/2020 21h19

A Secretaria de Transportes Metropolitanos de São Paulo anunciou hoje ter iniciado testes na véspera com um equipamento para higienizar os vagões de trens e metrôs com luz ultravioleta.

Após a sanitização, amostras foram coletadas e serão analisadas. Se a eficácia for comprovada, a aparelhagem pode ser implementada em veículos da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) e no Metrô. Os resultados devem ficar prontos em sete dias.

"Essa é uma forma eficaz, ágil e de baixo custo que poderá dar ainda mais segurança a todos os cidadãos que precisam se deslocar", reforça o secretário da pasta, Alexandre Baldy.

"Temos contato com empresas de transporte no mundo todo, diariamente, e se for necessário, vamos investir em novas soluções para que os nossos passageiros tenham cada vez mais segurança ao ir e vir", acrescentou.

No Brasil, o projeto é idealizado por Lucas di Grassi, piloto com passagem pela Fórmula 1. O equipamento testado tem capacidade de desinfetar um vagão por minuto — dependendo da energia aplicada por área, a esterelização pode chegar a 100%.

Cotidiano