PUBLICIDADE
Topo

Covid-19: Asilo com oito mortes em Piracicaba (SP) recebe doação de testes

Iniciativa leva testes para asilo de Piracicaba (SP) após oito mortes - Divulgação
Iniciativa leva testes para asilo de Piracicaba (SP) após oito mortes Imagem: Divulgação

Felipe de Souza

Colaboração para o UOL, em Campinas

02/05/2020 04h03

O Lar Betel, instituição para idosos de Piracicaba (SP), vai ser a primeira do país a receber o teste RT-PCR, que detecta a presença do coronavírus no corpo do terceiro ao décimo dia após o início dos sintomas. Os exames serão realizados por meio de uma parceria do Rotary do Brasil com a prefeitura da cidade após a confirmação de oito óbitos no local.

Voluntários da associação de clubes começaram a fazer os testes na manhã desta sexta-feira (1) nos 68 pacientes da unidade. O projeto é chamado "Corona Zero", e prevê uma série de doações de equipamentos de proteção para hospitais e instituições de saúde. Até a próxima sexta-feira todos os pacientes e os 77 funcionários passarão pelos exames.

"O investimento é de, aproximadamente, R$ 20 mil. Assim que são coletadas, as amostras são enviadas para o Instituto Fleury, em São Paulo. Os resultados devem sair em até 48 horas", explica Tiago Souza Nogueira, presidente do Rotary Piracicaba-Paulista.

A Vigilância Sanitária de Piracicaba deslocou uma equipe para atender exclusivamente os pacientes e funcionários do Lar.

Nesta sexta-feira, foi confirmada a oitava morte no asilo, uma mulher de 76 anos. A prefeitura não informou se ela tinha doenças pré-existentes.

Ao todo, 34 pacientes estão com o coronavírus, e seis seguem internados com sintomas. Pelo menos 25 funcionários testaram positivo para a covid-19.

A otorrinolaringologista Milena Costa explica que o teste RT-PCR é o mesmo realizado pelos órgãos de saúde, com a utilização de um cotonete no nariz e garganta do paciente.

O presidente do Lar Betel, Luiz Adalberto dos Santos, afirma que a instituição não tem combatido a pandemia. "Mesmo com todas as medidas de prevenção tomadas e com a rápida internação de pacientes doentes, tivemos as mortes. Fomos pegos de surpresa, mas estamos enfrentando o coronavírus com muita força", disse.

Além dos testes, o Rotary Piracicaba-Paulista também vai doar 2 mil máscaras do tipo face shield (que protegem o rosto todo) aos hospitais e centros de saúde de Piracicaba, Saltinho e região.

Coronavírus