PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
15 dias
Cobra é apreendida em operação no DF contra tráfico de animais

Do UOL, em São Paulo

16/07/2020 08h26

A Polícia Civil do Distrito Federal apreendeu hoje mais uma cobra no âmbito da Operação Snake, que investiga um grupo suspeito de praticar crimes ambientais com o tráfico de animais.

Além da cobra, documentos, celulares, medicamentos de uso veterinário e objetos usados para a criação ilegal de animais silvestres foram encontrados no local e apreendidos.

Segundo a Polícia Civil, foram cumpridos quatro mandados de busca apreensão, sendo dois na Região Administrativa do Guará, uma no Gama e outro no Riacho Fundo.

As investigações da Operação Snake começaram depois que o estudante de medicina veterinária Pedro Henrique Krambeck foi picado por uma cobra naja no dia 7 de julho. O jovem chegou a ficar em coma na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), mas recebeu alta seis dias depois (13).

Investigações da Polícia Civil dão conta de que o jovem criava a naja de forma ilegal e possuía relações com um grupo que também detinha outras serpentes exóticas.

No dia 9 de julho, o BPMA-DF (Batalhão da Polícia Militar Ambiental do Distrito Federal) encontrou 16 serpentes exóticas em uma fazenda em Planatina. A principal suspeita é de que os animais pertenciam ao jovem.

Relembre o caso do jovem picado pela cobra naja:

Cotidiano