PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
2 meses

Casal da UFPR morto em acidente na BR-277 tinha ido visitar parente

As namoradas Jurema, 52, e Emanueli, 23, - Reprodução/Facebook/santosemanueli17
As namoradas Jurema, 52, e Emanueli, 23, Imagem: Reprodução/Facebook/santosemanueli17

Vinicius Konchinski

Colaboração para o UOL, em Curitiba

03/08/2020 13h35Atualizada em 03/08/2020 13h54

Uma servidora e uma aluna da UFPR (Universidade Federal do Paraná) estão entre as vítimas que morrem no grave acidente que ocorreu no km 76 da BR-277, no sentido Paranaguá, na região de São José dos Pinhais (PR), no fim da noite de ontem.

A técnica de enfermagem da universidade Jurema Elvira Ferreira dos Santos, 52, e a aluna do curso de Educação Física Emanueli de Fátima Ferreira dos Santos, 23, viajavam juntas de Curitiba para Matinhos, no litoral paranaense, quando se envolveram no engavetamento, que causou a morte de ao menos oito pessoas e deixou outras 26 pessoas feridas.

Elas eram namoradas e viajavam de volta para Matinhos depois de visitar o neto de Jurema em Curitiba.

As duas estavam em um carro com outras três pessoas no momento do acidente. No veículo, também estavam duas filhas de Jurema. Uma delas foi identificada como Bárbara Evelyn Ferreira, 30. O marido dela também estava no carro.

Bárbara, Jurema e Emanueli resolveram descer do carro para ajudar as vítimas do engarrafamento. Foi quando uma carreta atingiu os veículos parados. "Foi tudo muito rápido. Não vi nada", disse Bárbara.

Jurema morreu no local. Já Emanueli chegou a ser levada para Hospital Universitário Cajuru, mas não resistiu.

Bárbara machucou seu braço e passa bem. Seu marido, identificado como Daniel, e sua irmã, Luna, que ficaram no carro, tiveram ferimentos leves e não correm risco de morte.

Emanueli estava no último ano do curso de Educação Física, ela estudava no campus da UFPR Litoral. A data da formatura era incerta já que as aulas estavam suspensas por conta da pandemia do novo coronavírus.

Jurema trabalhava na SAPS (Seção de Políticas Afirmativas, Assuntos Estudantis e Comunitários do Setor Litoral da UFPR). Segundo a universidade, ele fazia atendimentos primárias de estudantes, professores e servidores da universidade.

A UFPR emitiu nota de pesar por conta do falecimento da estudante e sua servidora. "A comunidade universitária em luto presta seus sentimentos à família e amigos."

Mortos e feridos

Além de Jurema e Emanueli, as outras seis vítimas foram identificadas pelo IML. São elas:

  • Ester Nunes de Oliveira (19 anos, de São José dos Pinhais
  • Jessica Nunes de Oliveira (22 anos, de São José dos Pinhais) - irmã de Ester
  • Fernando Jaroz Mendes (18 anos, de Curitiba) - marido de Ester
  • Jessica de Souza (22 anos, de Curitiba)
  • Lucas Moreira (24 anos, de Curitiba)
  • Guilherme Henrique Ribas de Oliveira (28 anos, de Curitiba)

Ao todo, 26 pessoas ficaram feridas, a maioria delas com ferimentos leves. Dez ambulâncias atenderam a ocorrência.

De acordo com o coronel Samuel Prestes, do Corpo de Bombeiros, 22 veículos se envolveram no acidente:

  • 5 motocicletas
  • 15 veículos leves
  • 1 caminhão
  • 1 viatura da Polícia Militar

Investigação

O atendimento do acidente foi feito por equipes dos Bombeiros, da Polícia Militar e da concessionária Ecovia.

A Polícia Civil do Paraná informou que está realizando investigação preliminar sobre o acidente e que vai ouvir o motorista do caminhão encolvido no acidnete e testemunhas nos próximos dias.

Caso seja constatada a ocorrência de crime, será instaurado inquérito policial. Inicialmente, a polícia comunicou que não iria instaurar inquérito contra o motorista, que não teve o seu nome divulgado, pois "não teria configurado crime".

Cotidiano