PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

PF prende brasileiro suspeito de comandar fórum de pedofilia na deepweb

Operação Desvelado teve cooperação com a Interpol em Lyon, na França. - Divulgação/PF-SP
Operação Desvelado teve cooperação com a Interpol em Lyon, na França. Imagem: Divulgação/PF-SP

Do UOL, em São Paulo

09/09/2020 07h53

A Polícia Federal deflagrou, na manhã de hoje, uma operação contra a pedofilia na web e ao estupro de vulneráveis. O alvo é um brasileiro que seria responsável por criar e administrar um dos maiores fóruns de pornografia infantil da deepweb (sites não encontrados em buscadores) na língua portuguesa. Ele foi preso.

Batizada de Operação Desvelado, a ação é uma cooperação com a Interpol em Lyon, na França.

De acordo com a PF, o suspeito reside em Araçatuba, no interior de São Paulo, tem aproximadamente 50 anos, é solteiro e pai de uma mulher (que está na lista de possíveis vítimas de estupro). Ele também tem um neto.

Além de disponibilizar a plataforma para usuários ao redor do mundo, o brasileiro ainda colocava no ar uma "grande quantidade de vídeos e fotos de si próprio estuprando vítimas diversas", segundo a PF. As idades das meninas variavam entre 5 e 12 anos.

A PF afirmou que não há, até o momento, indicação de envolvimento de terceiros no caso - fato que será esclarecido pela análise dos itens apreendidos no local e pelos depoimentos de agressor, vítimas e familiares.

A lei prevê prisão de 3 a 6 anos para crimes de publicação de imagens de pornografia infantil, enquanto o estupro de vulneráveis prevê de 8 a 15 anos de prisão.

Cotidiano