PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
15 dias
Homem filmado carregando corpo de amigo em carrinho de mão é preso

Nathalia Zôrzo

Colaboração para o UOL, em Brasília

29/09/2020 10h25

A Polícia Civil do Maranhão, com apoio da delegacia de homicídios de Goiás, prendeu um homem de 21 anos que foi flagrado por câmeras de segurança levando o corpo de um amigo em um carrinho de mão. O caso aconteceu em agosto, em uma rua de Aparecida de Goiânia, na região metropolitana da capital. O nome do suspeito não foi informado.

Ele é acusado de ter matado a facadas o amigo Alexandre Mascena Vieira, de 24 anos, e tentado ocultar o corpo, no dia 22 de agosto. O assassinato ocorreu na casa da vítima, no Bairro Veiga Jardim, em Aparecida de Goiânia. A motivação do crime ainda não foi esclarecida.

Analisando as imagens das câmeras de segurança do bairro, a Polícia Civil de Goiás viu que, minutos após o assassinato, o homem aparecia na gravação transportando um carrinho de mão com um volume embrulhado em um lençol branco. Segundo a polícia, ele empurrou o carrinho por cerca de 2 km pela rua Coronel José Augusto Perillo.

O corpo de Alexandre Mascena foi encontrado minutos depois pela Polícia Militar assim que uma vizinha denunciou o caso. Ela disse que viu um homem com calça jeans e uma camiseta azul passando com um carrinho de mão em frente à casa dela. A mulher perguntou o que o rapaz carregava no carrinho e ele afirmou que era um animal morto que ele iria jogar em uma mata. Desconfiada, a moradora decidiu ligar para a polícia e o homem abandonou o carrinho no meio da rua e fugiu correndo.

O cadáver estava enrolado em uma rede dentro de uma mala, coberta por um lençol branco dentro do carrinho. O corpo tinha perfurações na cabeça e no pescoço.

casa - Divulgação/Polícia Civil de Goiás  - Divulgação/Polícia Civil de Goiás
Homem estava foragido e foi encontrado na casa de uma tia
Imagem: Divulgação/Polícia Civil de Goiás

O suspeito estava foragido desde então. Com apoio da Polícia Civil do Maranhão, ele foi encontrado ontem na casa de uma tia, numa invasão na zona rural da cidade de Timon (MA).

O delegado Rogério Bicalho, responsável pelas investigações, disse que o próximo passo será trazer o homem para o Goiás e ouvi-lo para tentar descobrir a motivação do crime. "O autor e a vítima eram amigos, mas o motivo do assassinato a gente ainda não sabe. Agora ele vai ser recambiado para Goiás e será interrogado", explica Bicalho.

O delegado informou que, com a prisão, o inquérito foi concluído e o autor foi indiciado por homicídio qualificado consumado e tentativa de ocultação de cadáver.

Cotidiano