PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
1 mês

Mãe da secretaria da Família do governo Bolsonaro morre vítima da covid-19

Angela Granda ao lado da mãe, Ruth Granda e do pai, Ives Gandra Martins - Reprodução / Instagram
Angela Granda ao lado da mãe, Ruth Granda e do pai, Ives Gandra Martins Imagem: Reprodução / Instagram

Do UOL, em São Paulo

26/01/2021 12h29Atualizada em 26/01/2021 14h23

A mãe de Angela Gandra, Secretária da Família do governo Bolsonaro, morreu hoje vítima da covid-19. Ruth Vidal da Silva Martins estava internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) desde a segunda semana de janeiro por complicações geradas pela doença. Na altura, a secretária pediu orações para "conquistar de Deus mais este milagre".

"Mamãe já nos sorri desde a eternidade! Está no céu e de lá nos guiará e protegerá! Morreu como viveu, serenamente, cheia de fé! Agradeço a todos por todo carinho e orações", escreveu a secretária da Família nas redes sociais para anunciar a morte da mãe.

O estado de saúde de Ruth Vidal havia piorado no final de semana. "Continuamos pedindo muitas orações!!! O quadro piorou um pouco, mas estamos confiantes, pois estamos nas mãos de Deus!", escreveu a Angela nas redes, afirmando, no mesmo dia, que os médicos estavam "cheios de esperança" sobre a reversão do quadro grave.

Ontem, Angela chegou a dizer que a mãe estava "lutando bravamente" e progredindo e hoje seguiu a agenda da secretaria, com reunião para discutir as políticas públicas familiares para os municípios com a Secretaria Especial de Assuntos Federativos.

Em nota, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos manifestou pesar pelo falecimento de Ruth Vidal da Silva Martins.

"A pasta expressa sentimento de solidariedade aos familiares e amigos."

Coronavírus