PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Casados há 50 anos, idosos morrem de covid-19 em intervalo de seis dias

Nair e Higino estavam casados há 50 anos e deixam nove filhos e 20 netos - Reprodução/Arquivo Pessoal
Nair e Higino estavam casados há 50 anos e deixam nove filhos e 20 netos Imagem: Reprodução/Arquivo Pessoal

Ed Rodrigues

Colaboração para o UOL

07/04/2021 21h56Atualizada em 07/04/2021 21h56

Um casal de idosos casados há 50 anos morreu em um intervalo de apenas seis dias na cidade de Ipiaú, na Bahia. Nair Maria de Jesus Barros, de 68 anos, e Higino Barros dos Santos, de 69, testaram positivo para a doença no mês passado.

Segundo familiares, Nair foi a primeira a apresentar os sintomas. A idosa deu entrada no Hospital São Roque no dia 16 de março.

"Ela estava com falta de ar. Fez uma tomografia e constatou que o pulmão dela tava 75% comprometido. Aí, internou na mesma hora", contou Auana Barros, neta do casal, ao UOL.

Nair passou nove dias internada em Ipiaú antes de ser transferida para Ilhéus, no dia 25.

"No dia 27 foi intubada e dia 29, ela faleceu", completou a neta.

O caminho de Higino, que começou a sentir os sintomas alguns dias depois, acabou sendo parecido com o da mulher.

"Vô testou positivo no dia em que tomaria a primeira dose da vacina. Foi ao hospital no dia 25. Depois, levaram ele para Ilhéus. No dia seguinte, foi intubado e morreu dia 5 deste mês", lembrou Auana.

A neta destaca que "a família não será a mesma" sem o casal, que deixa nove filhos e 20 netos.

"A saudade vai ser gigante, a falta vai ser constante, mas o que nos conforta é saber que os dois viveram juntos uma vida inteira e mesmo depois da morte não se separaram", concluiu.

Os idosos foram sepultados no mesmo cemitério, que fica na cidade de Ubatã, a 380 km de Salvador.

Pandemia na Bahia

O estado contabiliza 16.107 mortes em decorrência do novo coronavírus desde o início da pandemia. O último boletim oficial, atualizado hoje, aponta 825.015 casos confirmados da covid-19 na Bahia.

Coronavírus