PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Mulher dá à luz intubada com covid-19 e conhece filha um mês depois

Mulher com a filha no colo, após dar à luz em UTI na Paraíba - Reprodução/TV Cabo Branco
Mulher com a filha no colo, após dar à luz em UTI na Paraíba Imagem: Reprodução/TV Cabo Branco

Colaboração para o UOL, em São Paulo

07/05/2021 16h54Atualizada em 07/05/2021 16h54

O Dia das Mães será diferente para Rafaela dos Santos. A brasileira, do município de Campina Grande, na Paraíba, foi infectada pelo coronavírus e precisou ser internada em um hospital. Grávida, Rafaela deu à luz intubada, no dia 7 de março, e foi conhecer a filha apenas um mês depois do parto.

Emocionada, Rafaela disse em entrevista à TV Cabo Branco, filiada da Rede Globo. que está muito feliz por celebrar a data comemorativa ao lado da filha. "Dia das Mães que eu vou passar com ela, o meu milagre."

Após apresentar sintomas e, ainda assim, alguns exames mostrarem o resultado negativo para a covid-19, Rafaela foi submetida a uma tomografia, que surpreendeu ao apontar que 50% de seus pulmões estavam comprometidos.

Grávida, ela precisou ser levada para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e, pouco tempo depois, passou por uma cesariana, aos 7 meses de gravidez. Sem sentir nada, a mulher deu à luz a Sofia Vitória.

A recém-nascida também precisou ser intubada por um mês. Quando parecia que o encontro entre mãe e filha iria finalmente acontecer, Rafaela foi acometida por uma pneumonia, necessitando de mais tempo de internação na UTI.

O tão esperado encontro aconteceu um mês mais tarde. Agora, no domingo, Rafaela poderá celebrar o Dia das Mães ao lado da filha.

Cotidiano