PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Autor de ataque à creche em Saudades presta depoimento à polícia de SC

Três crianças e duas mulheres morreram na ação - William Ricardo/Ishoot/Estadão Conteúdo
Três crianças e duas mulheres morreram na ação Imagem: William Ricardo/Ishoot/Estadão Conteúdo

Colaboração para o UOL

10/05/2021 20h43Atualizada em 10/05/2021 22h24

A Polícia Civil de Santa Catarina interrogou hoje o autor do ataque a uma creche em Saudades, a cerca de 600 km de Florianópolis, que matou cinco pessoas — entre elas, três crianças de menos de 2 anos. O teor do depoimento não foi divulgado porque, de acordo com a corporação, "ainda restam algumas diligências a serem adotadas" até o fim da investigação.

O interrogatório foi feito no Hospital Regional do Oeste, em Chapecó — a cerca de 67 km de Saudades —, e durou aproximadamente uma hora. Segundo a Polícia Civil, o inquérito deve ser finalizado ainda nesta semana.

Investigadores afirmam que o autor do ataque era reservado e vinha sofrendo bullying na escola. Ainda segundo os policiais, há indícios de que ele estava maltratando animais.

De acordo com o último boletim médico divulgado pelo Hospital Regional do Oeste, o jovem de 18 anos "está com boa evolução clínica e cirúrgica" e pode ter alta amanhã. Ele deixou a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) na sexta-feira (7).

As cinco vítimas — três crianças e duas mulheres morreram — estavam no CEI (Centro de Educação Infantil) Pró-Infância Aquarela, que atende crianças até 3 anos. Elas foram golpeadas com um tipo de facão, arma que o suspeito usou para tentar se matar após o ataque, tendo sido impedido por populares.

Ontem, o bebê de 1 ano e 8 meses que sobreviveu ao ataque recebeu alta.

A prisão preventiva do suspeito já foi decretada pela Justiça estadual. A Polícia Civil pediu o indiciamento do jovem por cinco homicídios triplamente qualificados (motivo torpe, por meio cruel e sem possibilidade de defesa às vítimas) e uma tentativa de homicídio, já que uma das crianças sobreviveu.

Cotidiano