PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Copacabana Palace é autuado em R$ 15,4 mil após festa com quase 500 pessoas

Daniele Dutra

Colaboração para o UOL, no Rio

15/05/2021 18h05

O Copacabana Palace desobedeceu as medidas sanitárias da cidade do Rio de Janeiro contra a covid-19 e será autuado em R$ 15.466,81 por infração gravíssima, informou hoje a SEOP (Secretaria de Ordem Pública e Vigilância Sanitária). O local recebeu ontem uma festa que juntou quase 500 pessoas e contou com shows de Gusttavo Lima, Ludmilla, Dudu Nobre, Mumuzinho e Alexandre Pires.

A ASEOP tinha informado, em um primeiro momento, que fiscalizou o hotel por volta das 23h de ontem, mas não constatou nenhuma infração durante a permanência dos agentes municipais. Porém, a providência foi tomada após vídeos e fotos aparecerem nas redes sociais hoje.

"Após análise de imagens divulgadas pela imprensa e redes sociais, a Vigilância Sanitária constatou desobediência às medidas permanentes e variáveis de proteção à vida estabelecidas na Resolução Conjunta SES/SMS-RJ 871/2021 e ao Decreto Rio 48845/2021 em vigor do dia 07 de maio de 2021 até 20 de maio de 2021. Nas referidas imagens foi constatada aglomeração generalizada em frente à apresentação musical caracterizando pista de dança, os convidados não usavam máscara facial e não respeitavam o distanciamento mínimo de 1,5 m entre os participantes", diz a ASEOP, em nota enviada ao UOL.

"Na entrada do estabelecimento, as imagens também evidenciaram aglomeração em fila de espera e acesso desordenado ao local. A infração sanitária determinada pela Vigilância Sanitária foi avaliada como gravíssima, com multa no valor de R$ 15.466,81, e foi determinada a interdição para realização de festas pelo período de 10 dias a partir de hoje", acrescentou.

Em nota divulgada hoje mais cedo, o Copacabana Palace informou que foram cumpridas todas as exigências e obrigações legais estabelecidas pelo decreto publicado em maio no Diário Oficial do Município.

"O hotel reforça para seus contratantes externos que o comprometimento com as recomendações das autoridades é um pré-requisito para que os eventos aconteçam. Adotamos um protocolo de prevenção e combate à covid-19 de acordo com as regras vigentes, de modo que a saúde e segurança de hóspedes, funcionários e clientes são nossa maior prioridade", disse o informe.

Novamente procurada pelo UOL após decisão da SEOP, a assessoria do hotel informou que ainda não foi formalmente notificada e até o momento não há um novo posicionamento.

A Prefeitura do Rio estabelece que casas de espetáculo, de concerto e de apresentações musicais podem funcionar, desde que mantenham distanciamento mínimo de 1,5 metro entre os participantes, com capacidade de lotação máxima de 40% em locais fechados e 60% em locais abertos, somente com público sentado.

Famosos

A empresária Carol Sampaio, dona da CS Eventos, enviou uma nota esclarecendo que não foi responsável pela lista de convidados e, sim, pelo cerimonial. Eles pontuam que houve o distanciamento de dois metros entre as mesas — com capacidade de 8 pessoas por mesa; utilização de menos de 40% da capacidade do espaço, incluindo staff.

Na entrada, segundo ela, todos receberam álcool gel, máscara e houve testagem de RT-PCR em todos os convidados e funcionários. Vale ressaltar que, de acordo com a Fiocruz, o teste possui uma menor sensibilidade durante a fase de incubação viral, que é em média de cinco dias a partir da infecção.

Procurada pelo UOL, a assessoria da Ludmilla não quis se pronunciar. Já a equipe de Gusttavo Lima afirmou que o evento seguiu os protocolos.

Quem também se manifestou foi Mumuzinho, que reiterou o cumprimento de todos os protocolos de segurança exigidos. "Estive presente no evento, pois todas as normas estavam sendo cumpridas e testes foram realizados. Jamais toparia participar de um evento fora das normas", disse o artista, segundo assessoria.

Dudu Nobre também falou com a reportagem sobre a festa, disse que viu todas as pessoas usando máscaras e que o local só usou um terço de sua capacidade de público.

O aniversariante é meu conhecido. Foi amplamente divulgado que o espaço era para 1500 pessoas, porém, devido às restrições, foram distribuídos 500 convites. Ele usou um terço da capacidade do local respeitando os protocolos. Teve teste, todo mundo foi testado antes de entrar na festa, você só entrava na festa depois de testado. Todos os protocolos foram seguidos, tinham equipes dos órgãos responsáveis por fiscalizar os protocolos sanitários, e a festa rolou assim. Eu vi todo mundo de máscara, seguindo todos os protocolos, como tem que ser.

Cotidiano