PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Homem que matou ex e tentou atirar na sogra em BH é condenado a 26 anos

Talisson Alves Martins da Silva em julgamento ontem, em Belo Horizonte. No detalhe, a vítima, Ester Ferreira Gomes, assassinada em 2020 - TJMG/Arquivo pessoal
Talisson Alves Martins da Silva em julgamento ontem, em Belo Horizonte. No detalhe, a vítima, Ester Ferreira Gomes, assassinada em 2020 Imagem: TJMG/Arquivo pessoal

Do UOL, em São Paulo

27/07/2021 07h56

O Conselho de Sentença do 3º Tribunal do Júri de Belo Horizonte condenou Talisson Alves Martins da Silva a 26 anos e três meses de prisão por matar a ex-namorada e tentar atirar na sogra, que sobreviveu.

Ester Ferreira Gomes foi assassinada com três tiros quando saía de casa para ir ao trabalho, acompanhada pela mãe. O crime aconteceu em março de 2020, no bairro Vera Cruz, em Belo Horizonte.

Ele também apontou a arma para a cabeça da sogra e acionou o gatilho, mas o tiro não foi detonado.

Segundo o Ministério Público, o crime foi cometido por motivo torpe, já que o rapaz tinha um sentimento de posse pela ex-namorada e não aceitava o término do relacionamento.

Em plenário, ele admitiu o assassinato, mas afirmou que não premeditou o crime. Disse que andava armado porque estava sendo ameaçado e que atirou após uma discussão com a ex. O réu pediu desculpas à família da vítima, afirmando que nada justificava o que ele fez.

Além do motivo torpe, o rapaz foi condenado também por cometer o crime utilizando recurso que dificultou a defesa da vítima. Ele cumprirá a pena em regime fechado.

Cotidiano