PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Geadas podem atingir mais de 40% dos municípios brasileiros nesta sexta

Morador registrou geada em São Francisco de Paula, no Rio Grande do Sul há pouco mais de uma semana - Reprodução/Twitter/Nilson Wolff.
Morador registrou geada em São Francisco de Paula, no Rio Grande do Sul há pouco mais de uma semana Imagem: Reprodução/Twitter/Nilson Wolff.

Do UOL, em São Paulo

29/07/2021 21h24Atualizada em 29/07/2021 21h24

Um total de 43,6% dos municípios brasileiros podem ser atingidos por geadas amanhã, segundo avisos meteorológicos publicados pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). O aviso é válido a partir da 0h e inclui 2.429 municípios dos três estados da Região Sul, além de SP, MG, RJ, MS e GO. Em 527 cidades, a classificação é de alto perigo.

A parte Centro-Sul já vem sofrendo com a onda polar que atinge o Brasil desde ontem, e que provocou neve em muitas cidades do RS e SC. No Paraná, a sensação térmica ficou em -20,5ºC. Agora, com a geada generalizada, a expectativa é de frio extremo em muitas localidades.

Segundo o MetSul, amanhã será o dia mais crítico e preocupante para a formação de geadas. "O frio que se espera para o Centro-Sul do País é enorme na madrugada e no amanhecer da sexta. As mínimas abaixo de zero serão generalizadas no Sul do Brasil e devem ocorrer em parte da Região Sudeste", diz, em informe publicado em seu site oficial.

Hoje, eles reforçaram que o amanhecer desta sexta será um dos mais frios dos últimos 20 a 30 anos em muitas cidades do Centro-Sul do Brasil. Eles também preveem que a cidade de São Paulo pode ter as mínimas mais baixas em décadas.

O professor Augusto José Pereira Filho, do IAG (Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas) da USP disse hoje em entrevista ao UOL News que a previsão é que a temperatura desta madrugada seja menor que a anterior.

Dado o cenário de frio, os alertas do Inmet também indicam perdas de plantações que vão de "risco leve" a "grande risco". Na ocorrência de geadas, eles separam as localidades por graus de severidade.

Todas as 527 cidades no grau de severidade de "grande perigo" estão nos estados da Região Sul. O fenômeno deve ocorrer entre as 0h e 8h da manhã. Para conferir se sua cidade está incluída, clique aqui.

A área onde o risco de geada está em "perigo" é a que atinge o maior número de municípios e estados. Ao todo podem ser afetados 1.286 cidades de SP, RJ, MG, MS, GO, PR, SC e PR.

foto 1 - Reprodução/ Inmet - Reprodução/ Inmet
Aviso do Inmet para geada em áreas de grande perigo (vermelho) e perigo (laranja) são válidos das 0h às 8h desta sexta (30)
Imagem: Reprodução/ Inmet

A segunda área que vai atingir mais municípios prevê "perigo potencial" de geadas e se estende por 616 cidades de Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e São Paulo.

"Sob este cenário, a geada no começo da sexta-feira será muito ampla e generalizada. Vai se formar na quase totalidade dos municípios do Sul do Brasil e ate em alguns costeiros, onde o fenômeno é pouco comum", aponta o MetSul.

foto 1 - Reprodução/ MetSul - Reprodução/ MetSul
Previsão de geada para o Centro-Sul do Brasil pelo MetSul Meteorologia para esta sexta-feira (30)
Imagem: Reprodução/ MetSul

Eles avaliam que alguns pontos as geadas serão de grande intensidade e até severas na Região Sul, "sobretudo em baixadas de municípios de maior altitude".

Outra observação deles vai para os prejuízos que as geadas causam em lavouras, visto que as duas ondas polares anteriores do final de junho e terceira semana de julho já causaram muitas perdas para hortifruti e culturas de cana-de-açúcar e café.

Cotidiano