PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
15 dias

Polícia diz que Wassef não assediou esposa de homem que o ameaçou com faca

Daniel Marenco/Agência Globo
Imagem: Daniel Marenco/Agência Globo

Do UOL, em São Paulo

25/09/2021 19h41Atualizada em 25/09/2021 19h57

O relatório final da Polícia Civil do Distrito Federal concluiu que Frederick Wassef, advogado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), não assediou a esposa de um homem que o ameaçou com uma faca em um restaurante de Brasília.

Na verdade, diz o documento, a mulher é que teria xingado Wassef gratuitamente de "ladrão" e "advogado de bandido". Ele não teria reagido.

As conclusões foram obtidas com base na gravação das câmeras do estabelecimento e no depoimento de um garçom e de um homem que não conhecia o advogado, mas que se sentou à mesa dele por não ter outro lugar vago. Segundo o funcionário que serviu o suspeito, a esposa e as pessoas que o acompanhavam, "pelo tanto que beberam, aparentavam estado de embriaguez".

As imagens mostram, segundo o relatório, que Wassef não se aproximou da mulher ou do banheiro feminino, onde teria acontecido o assédio.

"A análise dos elementos de informação colhidos demonstra que as acusações feitas pelo indiciado no local dos fatos, a partir de uma alegação de sua esposa, são inverdades, e que tais inverdades quase foram usadas para justificar um crime de homicídio", diz o documento.

O caso, que aconteceu em agosto deste ano, foi no restaurante Chicago Prime, no Lago Sul, área nobre de Brasília. Testemunhas relataram que o advogado teria assediado uma das frequentadoras do local, o que teria motivado a reação do suspeito, que perseguiu Wassef com uma faca.

O homem foi preso em flagrante, mas liberado logo depois da audiência de custódia. O relatório da polícia foi enviado à promotoria de Justiça para conclusão da investigação.

Com faca na mão direita, homem persegue o advogado do presidente Bolsonaro - Reprodução - Reprodução
Com faca na mão direita, homem persegue o advogado do presidente Bolsonaro
Imagem: Reprodução

Cotidiano