PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Garoto é morto por engano um dia antes de transplante para salvar o pai

Matheus Farias, de 16 anos, foi assassinado a tiros em Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba - Reprodução/Facebook
Matheus Farias, de 16 anos, foi assassinado a tiros em Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba Imagem: Reprodução/Facebook

Lorena Pelanda

Colaboração para o UOL, em Curitiba

25/11/2021 10h44Atualizada em 26/11/2021 08h35

O adolescente Matheus Farias, de 16 anos, foi assassinado a tiros ontem à noite, no bairro Tranqueira, em Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba. Ele morreu um dia antes de realizar o transplante de medula óssea ao próprio pai, que está internado com leucemia.

Em entrevista ao UOL, a irmã de Matheus, Grazielle Luz diz que ele foi confundido com outro irmão, que já tem passagens pela polícia.

Ele tinha saído para comprar bolacha para a minha sobrinha e foi morto por engano, já que acharam que era o nosso outro irmão, de 23 anos. Matheus nunca mexeu com algo errado e toda vida cuidava dos meus pais. Ele queria terminar os estudos para dar uma vida mais tranquila para a mãe e acabou pagando por tudo isso. Era um menino inocente e cheio de sonhos.

Matheus estava na expectativa de realizar o transplante de medula óssea para ajudar o pai. "Ele ia fazer o procedimento hoje e estava todo empolgado. Meu pai está internado há uns três meses com leucemia e, infelizmente, acabaram com tudo", desabafa a irmã.

A vítima foi atingida na rua, perto de casa, por ocupantes que estavam em um carro. Após os disparos, os criminosos fugiram e até agora não foram localizados.

Meu outro irmão escutou os tiros e saiu correndo. Ele está em estado de choque e não imaginava que estavam matando o nosso menino.

A Polícia Civil do Paraná foi procurada e afirmou que não passará mais detalhes sobre o caso. "A PCPR está investigando o caso e realizando diligências para esclarecer o fato", diz a nota.

Cotidiano