PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
7 meses

BA: Barragens se rompem e geram tromba d'água que leva tudo, diz prefeita

Do UOL, em São Paulo

27/12/2021 17h41

A prefeita de Vitória da Conquista (BA), Sheila Lemos (DEM-BA), afirmou hoje que barragens de fazendas localizadas no sudoeste da Bahia se romperam em efeito cascata e provocaram uma "tromba d'água", após as fortes chuvas que castigam a região já há alguns dias. Vitória da Conquista é um dos municípios que constam na lista de 100 cidades em situação de emergência na Bahia.

Estamos numa situação muito difícil por aqui, na região sudoeste. Nós temos 11 distritos e 330 povoados. E a nossa população da zona rural está ilhada, neste momento. Várias pequenas barragens das fazendas foram se rompendo em efeito cascata. E isso faz uma 'tromba d'água gigante' e vai levando tudo que tem pela frente. O nosso maior problema hoje é com a zona rural, é conseguir chegar a esses povoados. Não conseguimos mais chegar por via terrestre. Já solicitamos do governo um suporte aéreo, porque precisamos retirar essas pessoas que estão ilhadas. Sheila Lemos, em entrevista à CNN Brasil

Durante a entrevista, a prefeita também alertou para a abertura de comportas de uma outra barragem, no Norte de Minas, próximo à divisa com a Bahia. Segundo ela, até à meia-noite de hoje, a barragem abrirá 100% de suas comportas e toda a região, ao longo do leito do rio Pardo deve ficar alagada.

"Então, nós fazemos um apelo às pessoas que estão nessa região ribeirinha: que fiquem num local mais alto até consiguirmos resgatá-las. Estamos falando de cerca 200 pessoas em dois povoados", acrescentou.

Sheila Lemos disse ter conversado por telefone com o ministro da Cidadania, João Roma, que prometeu enviar ajuda até a manhã pela manhã. "No máximo", segundo ela.

As fortes chuvas que têm atingido principalmente as regiões Sul e Sudoeste da Bahia já provocaram ao menos 20 mortes e 358 feridos. A informação foi confirmada hoje pela Defesa Civil ao UOL.

O órgão já contabiliza mais de 60 mil pessoas desabrigadas ou desalojadas, segundo levantamento com dados enviados pelas prefeituras e consolidados pelo governo do estado. Já são 116 municípios afetados —100 deles decretaram situação de emergência.

De acordo com o governo da Bahia, 31 trechos de rodovias foram afetadas pelas fortes chuvas que assolam o estado desde o começo do mês. O monitoramento dos pontos atingidos está sendo feito pela Secretaria Estadual de Infraestrutura.

O governador Rui Costa (PT), que prometeu reconstruir casas e autorizar empréstimos sem juros aos lojistas, participa das ações de apoio em um gabinete avançado montado em Ilhéus.

Cotidiano