PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
3 meses

Pedreiro encontra R$ 5 mil e mobiliza web para devolver à pescadora

Luciana Cavalcante

Colaboração para o UOL, em Belém

14/03/2022 14h28Atualizada em 14/03/2022 22h54

Um pedreiro usou as redes sociais para localizar a dona de R$ 5 mil em dinheiro, que ele encontrou na cidade de Tucuruí (PA). Ele fez um vídeo das cédulas e anunciou que devolveria para quem soubesse a quantia exata e apresentasse o comprovante bancário. O valor era o saque de parcelas do seguro-defeso - um benefício semelhante ao seguro-desemprego.

Dulcivaldo Ramos conta que encontrou a quantia de R$ 4.844 próximo à rodoviária do município na sexta-feira. "Estava caído no chão, embrulhado em um pacote, tipo um envelope", conta ele.

Para tentar localizar o proprietário, fez o vídeo e o encaminhou a um portal de notícias local. O vídeo repercutiu e, apesar do teor, apenas uma pessoa entrou em contato com ele no dia seguinte à publicação.

pedreiro - Arquivo Pessoal  - Arquivo Pessoal
O pedreiro disse que, independentemente do valor, buscaria o dono
Imagem: Arquivo Pessoal

"Só a vizinha dela que me ligou e contou que ela estava desesperada, porque tinha perdido o dinheiro. Marquei de encontrar com elas ontem. Pedi para dizer a quantia certa e apresentar o comprovante (bancário). Só aí que devolvi".

A proprietária do dinheiro é pescadora e pediu para não ser identificada. Ela contou a Dulcivaldo que o dinheiro era referente a quatro parcelas do seguro defeso que ela havia sacado na sexta-feira. Disse ainda que não tinha esperança de encontrá-lo.

O seguro-defeso é um valor recebido por pescadores durante o período de reprodução dos peixes, em que eles ficam sem trabalho.

Devido à quantia, ela não acreditava que ia recuperar, mas eu não pensei duas vezes. Podia ser qualquer quantia que eu iria procurar o dono.

Dulcivaldo Ramos trabalha como autônomo fazendo pinturas e obras na cidade e diz que sempre teve esse tipo de atitude. "O principal é não ficar com o que não é da gente. Mesmo sendo dinheiro, tem como devolver."

Cotidiano