PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Morre em Minas padre que foi um dos tradutores da Bíblia oficial no Brasil

Johan Konings folheando, pela primeira vez, a edição da Bíblia da CNBB na qual trabalhou na tradução  - Ascom CNBB
Johan Konings folheando, pela primeira vez, a edição da Bíblia da CNBB na qual trabalhou na tradução Imagem: Ascom CNBB

Do UOL, em São Paulo

22/05/2022 17h30

O padre jesuíta Johan Konings morreu em decorrência de um aneurisma cerebral, ontem (21), em Belo Horizonte, Minas Gerais. O religioso foi um dos tradutores da Bíblia que é referência para a Igreja Católica no Brasil.

Konings, que tinha 80 anos, foi internado em estado grave na sexta-feira, no Hospital Madre Tereza.

O padre era filósofo, filólogo e doutor em Teologia pela Universidade Católica de Lovaina (Bélgica). Ele era professor titular da Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia - FAJE e autor de vários livros.

O religioso nasceu na Bélgica. Em 1942, mudou-se para o Brasil. Ele foi membro da equipe composta pela CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), que se dedicou à coordenação de Tradução e Revisão oficial da Bíblia que é referência para a Igreja no Brasil.

Segundo a CNBB, o trabalho de tradução levou 11 anos. E foi oficialmente lançado no dia 21 de novembro de 2018, durante a reunião do Conselho Permanente da CNBB, em Brasília (DF).

Em nota publicada no site da Arquidiocese de Belo Horizonte, o arcebispo Dom Walmor Oliveira de Azevedo lamentou a morte do padre e relembrou quando começaram o trabalho para a tradução da bíblia.

"Dentre muitas lembranças, guardo o caminho que começamos junto, a tradução oficial da Bíblia da CNBB. Ele, capitaneando a tantos, o baluarte desta conquista. Uma competência especial na convivência inspirando a missão de anunciar o Evangelho de Jesus Cristo. Deus acolha em sua infinita misericórdia. Descanse em paz!"

Ainda segundo a nota, o enterro do padre seria realizado hoje no Cemitério Bosque da Esperança.

Cotidiano