PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Mulher reconhece ex como assassino de namorado em trem do Rio; veja vídeo

Marcela Lemos

Colaboração para o UOL, no Rio

01/07/2022 14h28

O homem suspeito de matar o garçom Jairo Jonathan do Carmo Pedrosa Tudes com um tiro na cabeça dentro de um trem da SuperVia no Rio de Janeiro foi reconhecido pela ex-mulher como o autor do crime, segundo informou a Polícia Civil.

Esther da Silva reconheceu imediatamente Hugo Azevedo, preso ontem, nas imagens do circuito interno da concessionária que administra os trens no Rio, de acordo com a DHC (Delegacia de Homicídios da Capital). Imagens obtidas pelo UOL mostram o momento em que Azevedo matou o rapaz em um vagão de trem cheio de passageiros na segunda-feira passada (27).

Esther apresentou aos investigadores fotografias do ex-companheiro com a mesma roupa usada no dia do crime.

O UOL apurou ainda que Esther e Hugo Azevedo haviam terminado o casamento em fevereiro e que a mulher começou a sofrer ameaças do ex depois que ele tomou conhecimento sobre o relacionamento dela com a vítima.

Azevedo se entregou após descobrir que a polícia estava à sua procura. Ele se apresentou na delegacia de Bangu, na zona oeste, na tarde de ontem e foi encaminhado para a DHC.

A unidade conseguiu ainda apreender as roupas usadas por ele no dia do crime —uma calça preta, um tênis azul, uma mochila e uma fita azul que foi usada pelo suspeito para tapar uma das câmeras do vagão.

A Polícia Civil tenta localizar a arma usada no crime e solicitou à Justiça a prisão temporária do suspeito.

O UOL não localizou a defesa de Azevedo.

Imagens flagraram assassinato

Imagens de câmeras de segurança da SuperVia mostram o suspeito entrando no trem no ramal Santa Cruz, na zona oeste, de boné e máscara contra o coronavírus. Uma segunda câmera gravou o momento que um dos equipamentos foi tapado com uma fita adesiva azul na tentativa de encobrir o crime.

Outra câmera, mais distante da vítima, consegue captar o momento do disparo. O suspeito atira em Jairo e deixa o vagão. É possível observar que os passageiros se assustam e deixam seus lugares.

Imagens mostram ainda que, após a vítima ser baleada, um passageiro do trem rouba a sua mochila. O homem que praticou o furto ainda não foi identificado.

Cotidiano