Conteúdo publicado há 8 meses

Suspeitos são presos no Guarujá após policial da Rota ser morto a tiros

Dois suspeitos foram presos em uma operação da Polícia Militar no Guarujá, litoral de São Paulo, após um policial da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar) ser morto a tiros na noite de ontem.

O que aconteceu:

As autoridades já identificaram quatro suspeitos de envolvimento na morte do policial, informou o secretario de Segurança Pública de São Paulo, Guilherme Derrite, nas redes sociais, nesta sexta-feira.

Dois homens já foram presos e um outro foi morto em confronto com a Rota, detalhou Derrite. "Não vamos descansar enquanto não prendermos todos", escreveu o secretário.

O caso

O soldado Patrick Bastos Reis foi atacado durante patrulhamento na comunidade Vila Zilda. "Os PMs do 1º Batalhão de Choque faziam patrulhamento pela comunidade quando foram atacados por criminosos armados que efetuaram disparos de arma de fogo", informou a SSP, em nota.

Um cabo que o acompanhava também foi atingido e levado a uma UPA. A vítima ferida está em observação e não corre risco de morrer.

Ainda na quinta (27), a PM deflagrou uma operação para identificar os autores do crime. A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Civil para o registro dos fatos.

Deixe seu comentário

Só para assinantes