Conteúdo publicado há 11 meses

Humorista que postou vídeo sobre traição é assassinado a tiros em MG

O comerciante e humorista Tiago Brito foi morto na terça-feira (15) com nove tiros dentro de sua farmácia, em Ipatinga, Minas Gerais. A polícia suspeita que ele tenha morrido por causa de um vídeo postado nas redes sociais.

O que aconteceu

A polícia obteve imagens de uma câmera de segurança instalada na farmácia, que registrou toda a cena.

Segundo informações preliminares, o suspeito, que ainda não foi identificado, chegou em um carro e entrou na farmácia, caminhando em direção à vítima. Os dois parecem discutir e, na sequência, o homem dispara nove vezes.

Nas imagens, segundo a polícia, Brito, caído no chão, chega a se agarrar na perna do suspeito. O homem se desvencilha, sai da loja, entra no carro e foge em seguida.

A polícia suspeita que o crime tenha sido motivado por conta de um vídeo postado por Brito em seu perfil nas redes
A polícia suspeita que o crime tenha sido motivado por conta de um vídeo postado por Brito em seu perfil nas redes Imagem: Reprodução/Instagram/SBT

Vídeo sobre traição pode ter motivado o crime

A suspeita inicial é de que o crime tenha sido motivado por um vídeo divulgado pelo humorista em suas redes sociais. No vídeo, ele comentava sobre um caso de traição envolvendo um morador da cidade.

Apesar de comerciante, Brito também mantinha um perfil no Instagram, onde postava esquetes de humor para os cerca de 18 mil seguidores.

Em nota, a Polícia Civil de Minas Gerais informou que foi instaurado inquérito policial para esclarecimento dos fatos. A perícia compareceu ao local para coletar elementos que irão subsidiar a investigação.

Continua após a publicidade

O corpo da vítima foi levado ao Posto Médico Legal para exame necroscópico. O caso tramita na Delegacia de Crimes Contra a Vida de Ipatinga. "Outras informações serão divulgadas com a conclusão dos trabalhos investigativos", informou o órgão.

Deixe seu comentário

Só para assinantes