Conteúdo publicado há 3 meses

Pai confessa que atirou em filha, mas diz que foi 'sem intenção'

A Polícia Civil prendeu o homem suspeito de matar a própria filha, de 23 anos, na noite do sábado em Ipameri (GO).

O que aconteceu?

O suspeito de matar Bruna Bernardes da Silva, 23, foi preso de forma preventiva ontem, horas após o crime, informou a Polícia Civil.

A arma de fogo usada no crime era legalizada e registrada no nome dele. O objeto passará por perícia.

Ele foi interrogado e confessou parcialmente a prática do crime, alegando que disparou sem intenção de matar a própria filha [...]. Faltam pessoas serem ouvidas, inclusive, outra vítima que ficou ferida no local e ainda não pôde comparecer na delegacia.
Delegado Diogo Andrade Ferreira, em vídeo divulgado pela Polícia Civil de Goiás

A outra vítima do crime foi o marido de Bruna, Max Uiller Silva, que também foi baleado, mas sobreviveu e não corre risco de morte.

O UOL não conseguiu encontrar a defesa do suspeito preso até o momento.

Relembre o caso

Bruna Bernardes da Silva, 23, morreu na noite do sábado, quando estava com o marido em casa, em Ipameri (GO).

Continua após a publicidade

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora