Conteúdo publicado há 2 meses

Cinco homens são mortos pela polícia na Bahia; nenhum policial ficou ferido

Cinco homens foram mortos pela PM em Cruz das Almas (BA) na tarde de ontem. A polícia afirma que eles faziam parte de uma organização criminosa.

O que aconteceu

Um grupo com 10 homens armados foi interceptado pela polícia quando se preparava para atacar uma facção rival. A informação é da Polícia Militar.

Cinco deles conseguiram fugir por uma área de mata e outros cinco ficaram feridos e morreram em seguida, disse a PM. Nenhum policial ficou ferido.

A identidade dos mortos não foi divulgada pela polícia.

Três pistolas, dois revólveres, R$ 6.500 em dinheiro, crack, cocaína e maconha foram apreendidos. Munições, celulares e cadernos também foram encontrados pela polícia.

Mortes em operações policiais

Um homem considerado líder de uma facção no bairro Valéria, em Salvador, também foi morto pela polícia. A morte aconteceu horas antes do massacre Cruz das Almas.

Em Sergipe, a poucos metros da divisa com a Bahia, sete pessoas apontadas como membros de outra facção também foram mortas pelas forças de segurança pública. As mortes ocorreram durante uma operação.

Continua após a publicidade

Em todos os casos, a polícia alegou "troca de tiros". Nenhum policial ficou ferido nas ações.

Somente em setembro, 72 pessoas morreram e outras 13 ficaram feridas em operações policiais na Bahia. O dado é da plataforma Fogo Cruzado.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora