Conteúdo publicado há 3 meses

Genro de Flordelis é preso por ameaçar advogado da família de Anderson

Um dos genros da ex-deputada federal e pastora Flordelis dos Santos foi preso ontem no Rio de Janeiro por ameaçar o advogado da família de Anderson do Carmo, assassinado em 2019.

O que aconteceu

Elias de Souza Azevedo ameaçou o advogado Ângelo Máximo com uma faca e uma tesoura. O genro de Flordelis teria ido até a casa de Ângelo durante a noite no bairro Ipiratiniga, em Niterói.

O suspeito foi preso preventivamente. Ele teve prisão em flagrante pelo crime de perseguição e resistência convertida em preventiva pela Justiça do Rio de Janeiro.

Elias já ameaçou o advogado outras vezes. Na semana passada, no dia 22 de janeiro, o homem agrediu Ângelo dentro de um supermercado e ameaçou de morte a delegada Bárbara Lomba, inicialmente responsável pelo inquérito de Flordelis. Ele também já foi preso por homicídio em 2011.

A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) está prestando auxílio à Ângelo. O órgão disse que nove incidentes ligados à atuação no processo já foram registrados. "O trabalho da comissão compreende desde o acompanhamento ao advogado vítima de violência em toda fase policial, até o encaminhamento do colega para tratamento psicológico.''

A pastora Evangélica Flordelis está presa desde 2021 pela morte do marido Anderson. Ela foi condenada a 50 anos de prisão e respondia por homicídio triplamente qualificado, tentativa de homicídio, uso de documento falso e associação criminosamente armada.

O UOL busca a defesa de Elias de Souza Azevedo. A matéria será atualizada assim que houver manifestação.

Deixe seu comentário

Só para assinantes