Conteúdo publicado há 16 dias

PF prende foragido da chacina de Unaí em Campo Grande

A Polícia Federal prendeu na madrugada de hoje (13) um dos condenados pela Chacina de Unaí, crime ocorrido em 2004 quando quatro auditores fiscais do trabalho e um motorista foram assassinados em uma emboscada na cidade mineira de Unaí.

O que aconteceu

De acordo com a PF, o suspeito foi localizado e preso em Campo Grande (MS). Ele tinha um mandado de prisão em aberto e estava com um passaporte falso.

Segundo a corporação, o foragido foi condenado a 96 anos de prisão por participação na chacina. A condenação foi por intermediar a contratação dos pistoleiros que cometeram o crime.

Ele firmou um acordo de delação premiada e teve a pena reduzida. A PF não divulgou o nome do foragido.

Ao todo, foram condenados quatro mandantes e cinco executores da chacina de Unaí. Um continua foragido.

A Chacina de Unaí ocorreu em 28 de janeiro, quando quatro auditores-fiscais do Ministério do Trabalho e um motorista foram mortos durante uma inspeção em fazendas na região de Unaí (MG). Em razão do crime, foi instituído o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes