Conteúdo publicado há 2 meses

BH: Morre motorista resgatado por helicóptero da PRF que fez pouso forçado

Morreu ontem o caminhoneiro que estava sendo transportado por um helicóptero da PRF que fez pouso forçado em avenida de BH, em janeiro deste ano. O homem foi vítima de um acidente envolvendo cinco carretas momentos antes, no Anel Rodoviário.

O que aconteceu

Uender Silva de Alencar, de 30 anos, estava internado no Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, desde 8 de janeiro. Ele se envolveu em um acidente no Anel Rodoviário e foi socorrido, inicialmente, pelo helicóptero da Polícia Rodoviária Federal. A aeronave, no entanto, precisou fazer um pouso forçado.

O caminhoneiro chegou a ficar em coma por cinco dias, mas apresentou melhora. Ele estava internado na enfermaria do hospital João XXIII, na capital mineira, quando teve uma piora no quadro, precisou passar por cirurgia e voltou para a UTI.

O caminhoneiro Uender Silva de Alencar, de 30 anos
O caminhoneiro Uender Silva de Alencar, de 30 anos Imagem: Reprodução/Redes Sociais

Uender deixa a esposa e um filho. O caminhoneiro vivia na cidade de Goiatuba, em Goiás.

O corpo será levado para a cidade goiana, onde será realizado o velório. Não há detalhes sobre a data e horário da cerimônia, já que a família ainda espera a liberação do corpo para transporte, explicou a companheira.

O acidente

Uender foi resgatado após ficar preso às ferragens do caminhão em um acidente de trânsito. Carretas carregadas com minério de ferro bateram no Anel Rodoviário, sentido Vitória, abaixo da linha férrea e duas delas tombaram, o que provocou vazamento de combustível e, posteriormente, incêndio, que obrigou ao fechamento daquele trecho da rodovia.

Ao decolar, o helicóptero apresentou uma "perda súbita de rotação". A aeronave teve que realizar um pouso forçado alguns metros adiante, na avenida Tereza Cristina.

Continua após a publicidade

Na aeronave havia seis ocupantes: três agentes da PRF, dois enfermeiros, que não se feriram, e a vítima do acidente com os caminhões. Uender acabou sendo encaminhado a um hospital da região por via terrestre.

Segundo a PRF, a aeronave estava com a manutenção e documentação regular, mas o caso é investigado. Não há atualizações sobre as causas do problema de rotação.

Deixe seu comentário

Só para assinantes