Conteúdo publicado há 1 mês

Atirador de elite da PM dispara com fuzil e acerta arma em SP

Um atirador de elite da Polícia Militar fez um disparo com fuzil e acertou uma arma que estaria sendo usada em uma troca de tiros no bairro de Vila Progresso, em Santos, na Baixada Santista.

O que aconteceu

Agentes estavam em mata quando foram alvejados nesta madrugada. Um atirador do COE (Comandos e Operações Especiais) usou o fuzil e acertou a arma de um dos criminosos, segundo a SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo). Os policiais estavam no local para checar uma informação sobre a suspeita de tráfico de drogas na região.

Atirador disparou contra suposto bando armado. Todos fugiram do local. Em buscas pelos suspeitos, os policiais encontraram uma das armas, calibre .45, que teria sido usada para atacar os agentes e foi atingida pelo atirador. O disparo do agente do COE acertou o cano da pistola, inutilizando o armamento.

Policiais encontraram rastro de sangue durante as buscas. Seguindo o rastro, os agentes encontraram um suspeito escondido em uma residência. Ele tinha dois ferimentos na região do braço e punho. O socorro foi acionado e o homem foi encaminhado para o hospital, onde segue internado sob escolta policial.

Agentes encontraram drogas na região. Ao todo, 3,6 mil pinos de cocaína, 170 pedras de crack, 77 papelotes de skunk e 86 de maconha, além de celular e rádios comunicadores, foram apreendidos.

Investigações prosseguem para identificar os outros envolvidos na ocorrência. O caso foi apresentado no 7º Distrito Policial de Santos.

Como o nome do homem não foi divulgado, a reportagem não conseguiu encontrá-lo para pedido de posicionamento. O espaço segue aberto para manifestação.

Deixe seu comentário

Só para assinantes